A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Associa??o entre intensidades de dor e seda??o em pacientes de... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Paulista de Enfermagem
0000-00-00 00:00:00

Associa??o entre intensidades de dor e seda??o em pacientes de terapia intensiva

Descrição: Resumo Objetivos Identificar o perfil cl?nico, intensidades de dor e seda??o em pacientes na unidade de terapia intensiva e associar os dados. M?todos Estudo quantitativo e transversal, realizado em unidade de terapia intensiva de um hospital de ensino. Amostra de 240 pacientes. Os dados cl?nicos foram obtidos do prontu?rio eletr?nico. Foram utilizadas escalas de seda??o e agita??o de Richmond, dor visual num?rica e Behavioral pain scale, preenchidas por enfermeiros. Resultados Prevaleceram pacientes n?o idosos, masculinos, neurol?gicos, cir?rgicos, com seda??o profunda. Houve maior mortalidade em pacientes com seda??o profunda e maior tempo de interna??o naqueles com seda??o moderada. A seda??o n?o se mostrou efetiva para suprimir a dor, mas serviu para controlar sua intensidade. Conclus?o A identifica??o da intensidade de dor e seda??o realizada por enfermeiros auxilia na tomada de decis?o e propicia adequado manejo da sedoanalgesia de pacientes em terapia intensiva.Abstract Objective To identify the clinical profile, intensities of pain and sedation in patients in the intensive care unit, and associate the data. Methods Quantitative and cross-sectional study performed in an intensive care unit of a teaching hospital. Sample of 240 patients. Clinical data were obtained from the electronic medical record. The following scales filled out by nurses were used: Richmond Agitation-Sedation Scale (RASS), visual numeric pain scale and Behavioral Pain Scale (BPS). Results Prevalence of non-elderly, male, neurological and surgical patients in deep sedation. There was higher mortality in patients in deep sedation, and longer hospitalization time in patients in moderate sedation. Sedation was not effective in suppressing pain, but it served to control its intensity. Conclusion The identification of intensity of pain and sedation performed by nurses helps decision making and provides adequate management of sedoanalgesia in patients of intensive care.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.