A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Viol?ncia contra a mulher e suas implica??es na sa?de materno-infantil » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Paulista de Enfermagem
2012-08-29 04:07:16

Viol?ncia contra a mulher e suas implica??es na sa?de materno-infantil

Descrição: OBJETIVO: Compreender como mulheres pu?rperas percebem o fen?meno da viol?ncia e qual a rela??o que estabelecem com seu estado de sa?de e de seu filho, processo de gravidez, parto e puerp?rio. M?TODOS: Estudo de abordagem qualitativa, sendo os dados coletados por meio de entrevista semiestruturada com 43 pu?rperas atendidas em uma maternidade de Ribeir?o Preto(SP). RESULTADOS: Pela an?lise tem?tica, as pu?rperas caracterizaram a viol?ncia contra a mulher como um problema social, causado pela desigualdade de g?nero e/ou de ocorr?ncia multifatorial. Frente ? situa??o de viol?ncia, relataram dificuldade para reconhecerem seus efeitos sobre sua sa?de e de seus filhos. CONCLUS?O: Os resultados apontaram para a invisibilidade desses eventos violentos e para a naturaliza??o da viol?ncia.OBJECTIVE: To understand how postpartum women perceive the phenomenon of violence and what relationship they establish with their state of health and that of their child, the process of pregnancy, birth and puerperium. METHODS: A qualitative study, with data collected through semi-structured interviews with 43 postpartum women in a maternity hospital in Ribeir?o Preto (SP), Brazil. RESULTS: Through thematic analysis, the mothers characterized violence against women as a social problem caused by gender inequality and/or as a multifactorial occurrence. Facing the situation of violence, they related difficulty in recognizing its effects on their health and that of their children. CONCLUSION: The results point to the invisibility of these violent events and the naturalization of violence.OBJETIVO: Comprender c?mo mujeres pu?rperas perciben el fen?meno de la violencia y cu?l es la relaci?n que establecen con su estado de salud y de su hijo, proceso de embarazo, parto y puerperio. M?TODOS: Estudio de abordaje cualitativo, cuyos datos fueron recolectados por medio de una entrevista semiestructurada a 43 pu?rperas atendidas en una maternidad de Ribeir?o Preto (SP). RESULTADOS: Por el an?lisis tem?tico, las pu?rperas caracterizaron a la violencia contra la mujer como un problema social, causado por la desigualdad de g?nero y/o de ocurrencia multifactorial. Frente a la situaci?n de violencia, relataron dificultad para reconocer sus efectos sobre su salud y la de sus hijos. CONCLUSI?N: Los resultados apuntaron hacia la invisibilidad de esos eventos violentos y hacia la naturalizaci?n de la violencia.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.