A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Trabalhadores de uma Unidade B?sica de Sa?de na interface com a... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Paulista de Enfermagem
2011-10-01 13:23:08

Trabalhadores de uma Unidade B?sica de Sa?de na interface com a viol?ncia

Descrição: OBJETIVO: Este estudo buscou compreender como a viol?ncia social interfere no trabalho das equipes de Sa?de da Fam?lia de uma Unidade B?sica de Sa?de de Belo Horizonte - MG. M?TODOS: Trata-se de um estudo de natureza qualitativa do tipo estudo de caso. Os dados foram coletados por entrevistas de roteiro semiestruturado com 12 trabalhadores de uma Unidade B?sica de Sa?de de Belo Horizonte - 2 enfermeiros, 5 auxiliares de enfermagem, 3 ACS\'s, 1 m?dico e 1 vigilante - e submetidos ? an?lise de discurso. RESULTADOS: Os trabalhadores reconheceram as situa??es de viol?ncia na comunidade onde trabalham, sentem medo, inseguran?a e adotam v?rios mecanismos de defesa para diminuir o sofrimento. Referiram tamb?m sentirem-se prejudicados com as prec?rias condi??es de trabalho. CONCLUS?O: A efetividade da assist?ncia ? sa?de ? desafiada pela viol?ncia, e requer estrat?gias para lidar com a mesma dentro da unidade estabelecendo rela??es com outras institui??es sociais.OBJECTIVE: This study sought to understand how social violence affects the work of family health teams in a basic health unit in Belo Horizonte - MG. METHODS: This is a qualitative case study. Data were collected by semistructured interviews with 12 individuals working in a basic health unit in Belo Horizonte - two nurses, five auxillary nurses, three ACS\'s, a doctor and a guard - interviews were then subjected to discourse analysis. RESULTS: The workers recognized the violent situations in the community where they work; they feel fear, insecurity, and adopt several defense mechanisms to reduce suffering. They also reported feeling hurt by their poor working conditions. CONCLUSION: The effectiveness of health care is challenged by violence, and it and requires strategies for coping with the same within the unit by establishing links with other social institutions.OBJETIVO: En este estudio se tuvo como objetivo comprender c?mo la violencia social interfiere en el trabajo de los equipos de Salud de la Familia de una Unidad B?sica de Salud de Belo Horizonte - MG. M?TODOS: Se trata de un estudio de naturaleza cualitativa de tipo estudio de caso. Los datos fueron recolectados por entrevistas con preguntas semiestructuradas realizadas a 12 trabajadores de una Unidad B?sica de Salud de Belo Horizonte - 2 enfermeros, 5 auxiliares de enfermer?a, 3 ACS\'s, 1 m?dico y 1 vigilante - y sometidos al an?lisis de discurso. RESULTADOS: Los trabajadores reconocieron las situaciones de violencia en la comunidad donde trabajan, sienten miedo, inseguridad y adoptan varios mecanismos de defensa para disminuir el sufrimiento. Refirieron tambi?n sentirse perjudicados con las precarias condiciones de trabajo. CONCLUSI?N: La efectividad de la asistencia a la salud es desafiada por la violencia, y requiere estrategias para lidiar con la misma dentro de la unidad estableciendo relaciones con otras instituciones sociales.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.