A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

DESEMPENHO ISOCIN?TICO DO OMBRO DE ATLETAS PROFISSIONAIS DE JUD?... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Ortopédica Brasileira
0000-00-00 00:00:00

DESEMPENHO ISOCIN?TICO DO OMBRO DE ATLETAS PROFISSIONAIS DE JUD? SAUD?VEIS: DADOS NORMATIVOS

Descrição: ABSTRACT Objective: To evaluate normative data of shoulder isokinetic strength in healthy professional judo athletes. Methods: Cross-sectional study with 20 professional male and female athletes (10 female), evaluated with an isokinetic dynamometer. The strength assessment was carried out in external and internal rotation, flexion, extension, adduction and abduction. All data collected on muscle torque were normalized with body mass index. Results: Athletes demonstrated higher peak torque and joint work in shoulder adduction, abduction, flexion, and extension for the dominant limb compared to the non-dominant limb (p <0.05), with most of these deficits below 10%. Shoulder internal/external rotation ratios for male and female athletes had no significant differences between dominant and non-dominant sides, demonstrating values at 60?/s of 49.4 ? 7.2 on the dominant side of males and 49.1 ? 4.9 for females. Conclusion: The normative data are described to assist during treatment, return to sport and injury prevention. Level of evidence IV, cross-sectional study.RESUMO Objetivo: Avaliar dados normativos da for?a isocin?tica do ombro de judocas profissionais, saud?veis. M?todos: Estudo transversal com 20 atletas profissionais de ambos os sexos (dez mulheres) avaliados com dinam?metro isocin?tico. A avalia??o da for?a foi realizada em rota??o externa e interna, flex?o, extens?o, adu??o e abdu??o. Todos os dados coletados do torque muscular foram normalizados com o ?ndice de massa corporal. Resultados: Os atletas demonstraram maior pico de torque e trabalho articular em adu??o, abdu??o, flex?o e extens?o do ombro para o membro dominante, comparado ao contralateral (p < 0,05), com a maioria desses d?fices abaixo de 10%. As raz?es de rota??o interna/externa do ombro para atletas de ambos os sexos n?o apresentaram diferen?as significativas entre o lados dominante e n?o dominante, demonstrando valores a 60?/s de 49,4 ? 7,2 no lado dominante dos homens e 49,1 ? 4,9 no das mulheres. Conclus?o: Os dados normativos s?o descritos para auxiliar durante o tratamento, o retorno ao esporte e a preven??o de les?es. N?vel de evid?ncia IV, estudo transversal.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.