A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

O RESULTADO FUNCIONAL ? MELHOR DEPOIS DA ARTROPLASTIA PARA FRATURAS... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Ortopédica Brasileira
0000-00-00 00:00:00

O RESULTADO FUNCIONAL ? MELHOR DEPOIS DA ARTROPLASTIA PARA FRATURAS TROCANT?RICAS EM IDOSOS?

Descrição: ABSTRACT Objectives: This article evaluated functional recovery and mortality after surgery to repair trochanteric fracture with regard to treatment technique through one year of follow-up. Method: Eighty consecutive patients with trochanteric fractures were divided into two groups according to treatment technique (osteosynthesis and arthroplasty). We evaluated patient data including age, sex, time to surgery, total hospital stay, transfusion volume, and functional status according to FIM (Functional Independence Measure) scores. Scores for FIM were assessed three times: prior to fracture, six months after surgery, and one year after surgery. Results: Patients who received osteosynthesis had shorter hospital stays than arthroplasty patients. The arthroplasty group had significantly higher functional independence six months after surgery, while no difference was detected one year after surgery. Patient age, transfusion volume, and FIM scores were detected as significant predictors of mortality. Conclusion: Trochanteric fractures lead to unavoidable functional loss, although this can be reduced in the short term by treating with arthroplasty instead of osteosynthesis. Age, transfusion and functional situation predict one-year mortality for patients with trochanteric fractures. The patient-s functional situation must be considered when choosing treatment for trochanteric fractures in order to reduce patient morbidity. Level of Evidence II; Therapeutic prospective study.RESUMO Objetivo: Este artigo avaliou a recupera??o funcional e a mortalidade ap?s cirurgia de fratura do quadril com rela??o ? t?cnica de tratamento durante um ano de acompanhamento. M?todo: Oitenta pacientes consecutivos com fraturas trocant?ricas foram divididos em dois grupos, de acordo com a t?cnica de tratamento (osteoss?ntese e artroplastia). Avaliamos os dados dos pacientes quanto a idade, sexo, tempo at? a cirurgia, estadia hospitalar total, volume de transfus?o e estado funcional de acordo com a pontua??o da MIF (Medida de Independ?ncia Funcional). A MIF foi avaliada tr?s vezes: antes da fratura, seis meses e um ano ap?s a cirurgia. Resultados: Os pacientes submetidos ? osteoss?ntese tiveram menor tempo de hospitaliza??o do que os pacientes de artroplastia. O grupo artroplastia teve independ?ncia funcional significativamente maior seis meses depois da cirurgia, enquanto nenhuma diferen?a foi detectada um ano ap?s a cirurgia. Idade, volume da transfus?o e a pontua??o MIF dos pacientes foram detectadas como preditores importantes da mortalidade. Conclus?o: As fraturas trocant?ricas levam ? perda funcional inevit?vel, embora ela possa ser reduzida a curto prazo com a artroplastia ao inv?s da osteoss?ntese. A idade, a transfus?o e a situa??o funcional s?o preditores significativos de mortalidade em um ano em pacientes com fraturas trocant?ricas. A situa??o funcional dos pacientes deve ser considerada ao escolher o tratamento de fraturas trocant?ricas para reduzir a morbidade dos pacientes. N?vel de Evid?ncia II; Estudo prospectivo terap?utico.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.