A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Avalia??o dos fatores predisponentes nas instabilidades femoropatelares » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Ortopédica Brasileira
2011-04-18 19:29:58

Avalia??o dos fatores predisponentes nas instabilidades femoropatelares

Descrição: OBJETIVO: Avaliar a preval?ncia dos fatores predisponentes ? instabilidade femoropatelar (displasia de tr?clea, patela alta, TAGT, b?scula patelar) em um grupo de pacientes acompanhados em n?vel ambulatorial. M?TODOS: Avaliou-se 70 pacientes, sendo 52 do sexo feminino (74,28%) e 18 (25,72%) do sexo masculino, num total de 127 joelhos, com uma m?dia de idade de 17,71 anos. A avalia??o por imagem foi realizada atrav?s de radiografias e tomografia computadorizada. As instabilidades femoropatelares foram classificadas seguindo-se a classifica??o de Henri Dejour (instabilidade maior, objetiva e potencial). Enquadraram-se as displasias trocleares de acordo com a classifica??o de David Dejour (tipo A, B, C, D). RESULTADOS: Observou-se displasia troclear em 118 (92,91%) joelhos, sendo 91 (77,11%) joelhos dos tipos A e B. A altura patelar apresentou uma m?dia de 1,23, com 44 (34,64%) consideradas patela alta e 83 (65,36%) normais. A b?scula patelar alterada foi encontrada em 92 (72,44%) joelhos e a eleva??o da TAGT em 63 (49,60%) joelhos. Obteve-se predomin?ncia de instabilidades objetivas 89 (70,07%) joelhos, Quanto a associa??o de fatores predisponentes,, 117 (92,13%) joelhos apresentaram mais quem um fator. CONCLUS?ES: A instabilidade femoropatelar ? uma doen?a multifatorial, os dist?rbios trocleares s?o mais prevalentes e h? uma forte associa??o entre 2 ou mais fatores predisponentes.OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of predisposing factors for femoropatelar instability (dysplasia of the trochlea, high patella, TTTG, and patellar tilt) in a group of patients in outpatient follow-up. METHODS: 70 patients were evaluated; 52 (74.28 %) female and 18 (25.72 %) male, with an average age of 17.71 years and a total of 127 knees. The evaluation by imaging was carried out through radiologic examination and computerized tomography. The femoropatelar instabilities were classified according to Henri Dejour\'s classification (major, objective and potential instability). The trochlear dysplasia was classified according to David Dejour\'s classification (type A, B, C, D). RESULTS: Trochlear dysplasia was observed in 118 knees (92.91%), with 91 knees (77.11%) being of type A and B. The average for patellar height was 1.23, with 44 (34.64%) considered high patellas and 83 (65.36%) within the normal range. Abnormal patellae tilt was found in 92 knees (72.44%) and an elevation of TTTG in 63 knees (49.60%). The was a prevalence of objective instabilities with 89 knees (70.07%). In relation to the association of predisposing factors, 117 knees (92.13%) presented more than one factor. CONCLUSIONS: Femoropatelar instability is a multifactorial disease, with trochlear disorders being the most frequent, and there is a strong association between two or more predisposing factors.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.