A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Associa??o da acepromazina com propofol em tartarugas-da-amaz?nia... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Cirurgica Brasileira
2012-08-01 04:21:24

Associa??o da acepromazina com propofol em tartarugas-da-amaz?nia Podocnemis expansa criadas em cativeiro

Descrição: PURPOSE: To evaluate the effects of different concentrations of an anesthetic association in giant amazon turtles (Podocnemis expansa). METHODS: Twenty healthy P. expansa of both sexes weighing between 1.0 and 1.5kg commercially bred in the Araguaia River Valley, Goias, Brazil, were separated into two groups (G1 n=10 and G2 n=10). Each group received a respective protocol: P1= acepromazine (0.5 mg/kg IM) and propofol (5 mg/kg IV) and P2 = acepromazine (0.5 mg/kg IM) and propofol (10 mg/kg IV). The acepromazine was administered in the left thoracic member and the propofol in the cervical vertebral sinus. Assessments were made of the anesthetic parameters of locomotion, muscle relaxation, response to pain stimuli in the right thoracic and pelvic members and heartbeat. RESULTS: The anesthetic induction time was the same for both protocols (P1 and P2); however the P2 effects were of a longer duration. CONCLUSION: The sedation achieved with both protocols (P1 and P2) were satisfactory for the biological sample collection, physical examinations and minor surgeries on this species.OBJETIVO: Avaliar os efeitos de uma associa??o anest?sica com diferentes concentra??es em tartarugas-da-amaz?nia (Podocnemis expansa). M?TODOS: Vinte P. expansa, h?gidas, de ambos os sexos, com massa corporal entre 1,0 e 1,5 kg, de um criat?rio comercial localizado no vale do rio Araguaia, Goi?s, Brasil, foram distribu?das em dois grupos (G1 n=10 e G2 n=10). Cada grupo recebeu um protocolo sendo: P1 = acepromazina (0,5 mg/kg IM) e propofol (5 mg/kg IV) e P2 = acepromazina (0,5 mg/kg IM) e propofol (10 mg/kg IV), aplicados nos grupos G1 e G2, respectivamente. A acepromazina foi aplicada no membro tor?cico esquerdo e o propofol no seio vertebral cervical. Foram avaliados os par?metros anest?sicos: locomo??o, relaxamento muscular, resposta aos est?mulos dolorosos no membro tor?cico direito e nos membros pelvinos e frequ?ncia card?aca. RESULTADOS: O tempo de indu??o anest?sica foi o mesmo para ambos os protocolos (P1 e P2), por?m o P2 apresentou efeitos mais duradouros. CONCLUS?O: As seda??es obtidas por esses protocolos (P1 e P2) foram satisfat?rias para a colheita de amostras biol?gicas, exames f?sicos e realiza??o de pequenos procedimentos cir?rgicos nesta esp?cie.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.