A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Condução nervosa sensorial no nervo caudal de ratos com diabetes... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Cirurgica Brasileira
2011-04-04 17:27:25

Condução nervosa sensorial no nervo caudal de ratos com diabetes experimental

Descrição: PURPOSE: To investigate sensory nerve conduction of the caudal nerve in normal and diabetic rats. METHODS: Diabetes was induced in twenty 8-weeks old Wistar male rats. Twenty normal rats served as controls. Caudal nerve conduction studies were made before diabetes induction and the end of each week for six consecutive weeks. The caudal nerve was stimulated distally and nerve potentials were recorded proximally on the animal's tail using common "alligator" clips as surface electrodes. RESULTS: After induction, nerve conduction velocities (NCV) increased slower in the diabetic than in the control group. Sensory nerve action potentials (SNAP) conduction velocities increased slower in the diabetic than in the control group (slope of regression line: 0.5 vs 1.3m/s per week; NCV in the 15th week = 39 ±3m/s vs 44 ±4m/s). Tukey's tests showed differences between groups at the 11th, 13th and 15th weeks old. From the 10th week on, SNAP amplitudes increased faster in the diabetic than in the control group (slopes of the regression line: 10 vs 8 µV per week; SNAP amplitudes in the 15th week: 107 ±23 µV vs 85 ±13 µV). Differences at the 12th, 13th and 15th weeks were significant. CONCLUSION: In diabetic rats nerve conduction velocities were slower whereas amplitudes were larger than in normal rats.OBJETIVO: Investigar a condução nervosa sensorial do nervo caudal em ratos normais e diabéticos. MÉTODOS: O diabetes foi induzido em vinte ratos Wistar com idade de oito semanas. Vinte ratos serviram como controle. Os estudos da condução do nervo caudal foram feitos antes da indução do diabetes e ao final de cada semana, durante seis semanas consecutivas. O nervo caudal foi estimulado distalmente e potenciais foram registrados proximalmente na cauda do animal, usando clipes comuns "jacaré" como eletrodos de superfície. RESULTADOS: Após a indução, a velocidade de condução nervosa (VCN) aumentou mais lentamente no grupo diabético que no controle. Potenciais de ação dos nervos sensitivos (PANS) aumentaram a velocidade de condução mais lentamente no grupo diabético que no controle (linha de regressão: 0,5 vs 1,3m/s por semana; VCN na 15 ª semana = 39 ±3m/s vs 44 ±4m/s). O teste de Tukey mostrou diferenças entre os grupos nas 11 ª, 13 ª e 15 ª semanas de vida. A partir da semana 10, os PANS aumentaram mais rapidamente no grupo diabético que no controle (linha de regressão: 10 vs 8 µV por semana; PANS na 15 ª semana: 107 ±23 µV vs 85 ±13 µV). Diferenças na semana 12, 13 e 15 foram significativas. CONCLUSÃO: Nos ratos diabéticos a velocidade de condução nervosa foi mais lenta enquanto que as amplitudes foram maiores que em ratos normais.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.