A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Creating default object from empty value

Filename: models/publicacao_item.php

Line Number: 20

Alterações morfológicas das fibras musculares de um músculo distante... » Isaúde
  Pesquisar Publicações Científicas  
  Especialidade: carregando especialidades...  Carregando...
Nome da revista:   Volume:   Número:
Acta Cirurgica Brasileira
2010-12-02 00:33:14

Alterações morfológicas das fibras musculares de um músculo distante da lesão térmica em ratos Wistar

Descrição: PURPOSE: Thermal injury causes catabolic processes as the body attempts to repair the damaged area. This study evaluated the effects of a scald injury on the morphology of muscle fibers belonging to a muscle distant from the lesion. METHODS: Thirty Wistar rats were divided into control (C) and scalded (S) groups. Group S was scalded over 45% of the body surface, standardized by body weight. Rats in both groups were euthanized at four, seven and 14 days following the injury. The middle portions of the medial gastrocnemius muscles were sectioned, stained with hematoxylin and eosin and Picrosirius, and submitted to histological analysis. RESULTS: Control group sections exhibited equidistantly distributed polygonal muscle fibers with peripheral nuclei, characteristic of normal muscle. The injured group sections did not consistently show these characteristics; many fibers in these sections exhibited a rounded contour, variable stain intensities, and greater interfiber distances. A substantially increased amount of connective tissue was also observed on the injured group sections. CONCLUSION: This experimental model found a morphological change in muscle distant from the site of thermal injury covering 45% of the body surface.OBJETIVO: A lesão térmica conduz o organismo a processos catabólicos a fim de reparar a área lesada. O propósito do presente estudo foi avaliar os efeitos da lesão térmica por escaldadura na morfologia das fibras musculares de um músculo distante da lesão. MÉTODOS: Foram utilizados 30 ratos Wistar, divididos em: Grupo submetido à lesão térmica por escaldadura (S) e Grupo Controle (C). A escaldadura foi provocada em 45% da superfície corporal dos animais e padronizada pelo peso corpóreo. A eutanásia ocorreu nos períodos pós-lesão de quatro, sete e 14 dias. Retirou-se a parte média dos músculos gastrocnêmio medial os quais foram submetidos à técnica histológica de Hematoxilina-Eosina e Picrosírius. RESULTADOS: O aspecto poligonal das fibras musculares, com núcleos periféricos, bem como a distribuição eqüidistante das mesmas, característico das descrições da musculatura normal, verificado nos animais do grupo C não foi uma constante nas fibras do músculo dos animais do grupo S. Nestes, muitas fibras exibiram contorno arredondado, diferentes intensidades de marcação bem como maior distanciamento entre as mesmas. Observou-se ainda aumento substancial da quantidade de tecido conjuntivo no grupo S. CONCLUSÃO: Houve alteração da morfologia do músculo distante da lesão como resposta à lesão térmica de 45% em modelo experimental.

Volume: 0


Mais informações

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.