Ciência e Tecnologia
publicado em 09/08/2010 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Divulgação/Ideias
Alimentos da dieta ocidental tem com base a frutose, que pode ser usada pelo organismo para desenvovler o câncer de pâncreas
  « Anterior
Próxima »  
Alimentos da dieta ocidental tem com base a frutose, que pode ser usada pelo organismo para desenvovler o câncer de pâncreas

Um estudo, realizado por pesquisadores do Jonsson Comprehensive Cancer Center da Universidade da Califórnia (UCLA), concluiu que o câncer pancreático usa a frutose, substância comum na dieta ocidental, para ativar uma chave na célula que dirige a divisão celular, contribuindo para o rápido crescimento do tumor.

Embora seja amplamente conhecida a utilização da glicose, um açúcar simples, pelos cânceres para alimentar o seu crescimento, esta é a primeira vez que uma ligação foi demonstrada entre a frutose e a proliferação do tumor, disse o doutor Anthony Heaney, autor do estudo e professor adjunto da medicina e neurocirurgia da UCLA.

"A dieta moderna contém uma grande quantidade de açúcar refinado, incluindo a frutose, e é um perigo oculto envolvido em uma série de doenças modernas, como a obesidade, diabetes e fígado gordo", disse Heaney. "Neste estudo, nós mostramos que o câncer pode usar frutose como combustível para o seu crescimento."

Dentre as fontes de frutose presentes na dieta ocidental destacam-se o açúcar de cana (sacarose) e o xarope de milho rico em frutose (HFCS), um adoçante à base de milho. O HFCS responde por mais de 40% dos edulcorantes calóricos adicionados aos alimentos e bebidas e pode ser considerado o adoçante mais utilizado em refrigerantes americanos.

Entre 1970 e 1990, o consumo de HFCS nos Estados Unidos aumentou substancialmente, de acordo com um artigo publicado pelo American Journal of Clinical Nutrition. As companhias de alimento usam HFCS (uma mistura de frutose e glicose) porque é barato, fácil de transportar e mantém os alimentos úmidos. Além disso, sua doçura excessiva o torna rentável para as empresas, pois podem usar pequenas quantidades de HCFS no lugar de adoçantes mais caros ou aromas.

Neste estudo, Heaney e sua equipe obtiveram tumores no pâncreas de pacientes e cultivaram as células malignas em placas de Petri. Eles, então, adicionaram glicose para um conjunto de células e frutose para outro. Usando a espectrometria de massa, a equipe foi capaz de acompanhar os açúcares de carbono marcado nas células para determinar para o que e como estavam sendo utilizados.

Heaney descobriu que as células cancerosas do pâncreas podem distinguir entre glicose e frutose, que são muito semelhantes estruturalmente, e metabolizar os açúcares de maneiras muito diferentes. No caso da frutose, as células pancreáticas cancerosas usam o açúcar no pentose transcetolase-driven não oxidativo via fosfato para produzir ácidos nucleicos, os blocos de RNA e DNA, que as células cancerosas necessitam para se dividir e proliferar.

"Tradicionalmente, glicose e frutose têm sido considerados como substratos monossacarídeos intercambiáveis que são metabolizados similarmente, e pouca atenção tem sido dada a outros açúcares do que a glicose", afirma o estudo. "No entanto, a ingestão de frutose tem aumentado dramaticamente nas últimas décadas e a captação celular de glicose e frutose utiliza transportadores distintos. Estes resultados mostram que as células cancerosas podem facilmente metabolizar a frutose para aumentar sua proliferação. Eles têm grande importância para pacientes com câncer, dado o consumo de frutose dietética refinada".

Heaney ressalta que, como nas campanhas anti-tabagismo, é necessário que seja lançado um esforço federal para reduzir a ingestão de frutose refinada. "Acho que este papel tem um monte de implicações para a saúde pública", afirmou Heaney. "Esperamos que, a nível federal, haja um esforço para voltar atrás na quantidade de HFC em nossas dietas".

O pesquisador explica que embora o estudo tenha sido realizado com base no câncer de pâncreas, as conclusões não se restringem a esse tipo de tumor. A equipe está investigando agora a possibilidade de se bloquear a absorção da frutose pelas células cancerosas, tirando delas um dos combustíveis que precisam para crescer. Os pesquisadores desenvolvem suas pesquisas em linhas de células e camundongos.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Câncer de pâncreas    Frutose    Glicose    Divisão celular    Dieta   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de pâncreas    frutose    glicose    divisão celular    dieta   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.