Geral
publicado em 14/07/2010 às 20h45:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cerca de 30 profissionais da saúde, entre pediatras, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas, participam, desde segunda-feira (12) até à próxima sexta-feira (16), em Porto Velho (RO), do Curso de Tutores do Método Mãe Canguru, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesau).

O objetivo é reduzir a mortalidade de bebês prematuros, número de internações e custos, bem como incentivar o aleitamento materno, tendo como base o programa de humanização do atendimento aos usuários dos serviços hospitalares.

Conforme a gerente de Programas Estratégicos da Sesau, Annelise Medeiros, o Mãe Canguru: consiste em uma técnica de humanização dos cuidados com os bebês prematuros e de baixo peso, em que a mãe e o recém nascido ficam em contato direto, em posição vertical (o bebê é amarrado com uma fralda ao corpo da mãe) estabelecendo maior apego, segurança, e melhor desenvolvimento da criança, evitando, dessa forma, infecções hospitalares, refluxo, sufocamento da criança, uma vez que as vias aéreas são mantidas livres, além de reduzir o risco de apneia (parada da respiração durante o sono).

A expectativa é que o método seja aplicado em breve na UTI Neonatal do Hospital de Base Ary Pinheiro, que está sendo ampliada de 14 para 40 leitos. Em média, segundo o diretor-geral, Amado Rahhal, são realizados, por mês, de 250 a 300 partos no hospital, e dos nascidos aproximadamente 25% são bebês prematuros ou com baixo peso.

O aumento de vagas na UTI Neonatal, segundo o secretário Milton Moreira, tem por objetivo garantir maior comodidade às crianças de baixo peso ou com sequelas decorrentes do parto, uma vez que o HB atende apenas às grávidas com quadro clínico de média ou alta complexidade. A obra faz parte dos investimentos de R$ 18 milhões, oriundos das compensações da usina hidrelétrica de Santo Antônio, que possibilitaram outras reformas e construções na unidade, a exemplo do Centro de Esterlização, estacionamento com capacidade para 135 veículos, Salas de Aula para os participantes do Programa de Residência Médica, Setor de Psiquiatria. Almoxarifado, auditório, lavanderia, refeitório amplo e humanizado, clínica médica, inclusive novo prédio para o Hospital Infantil Cosme e Damião em área anexa ao HB.

"O Mãe Canguru se desenvolve em três etapas. Na primeira, a mãe (pode ser o pai) acompanha o bebê na incubadora da UTI Neonatal durante 24 horas. Nesse caso, ela deve ser estimulada pela equipe hospitalar a tocar e fazer a posição canguru com o filho; depois, quando o bebê estiver com o quadro clínico estável, deve ser levado ao Alojamento Conjunto do hospital e, por fim, quando estiver em casa, o método deve ser seguido por todos que forem pegá-lo, desde que sejam de confiança dos pais", explicou.

A capacitação dos profissionais que se tornarão multiplicadores do método em todo o estado é feita por técnicos do Ministério da Saúde e terá sua parte prática desenvolvida na UTI Neonatal do HB.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Mãe Canguru    Neonatologia    Mortalidade infantil    Porto Velho    Rondônia   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Mãe Canguru    neonatologia    mortalidade infantil    Porto Velho    Rondônia   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.