Ciência e Tecnologia
publicado em 07/06/2010 às 17h40:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Divulgação/Roche
Foto: Divulgação/FCCC
Produção do medicamento Avastin em fábrica da Roche Robert A. Burger, pesquisador principal do estudo GOG e diretor do Women's Cancer Center at Fox Chase Cancer Center
  « Anterior
Próxima »  
Produção do medicamento Avastin em fábrica da Roche
Robert A. Burger, pesquisador principal do estudo GOG e diretor do Women's Cancer Center at Fox Chase Cancer Center

Um ensaio clínico realizado nos Estados Unidos mostrou que a adição do medicamento Avastin à quimioterapia usada no tratamento de mulheres com câncer de ovário em estágio avançado pode prolongar o período de avanço da doença. As mulheres que receberam o novo regime de tratamento não viram o agravamento de sua doença durante 14,1 meses, comparada com 10,3 meses para as mulheres tratradas com a terapia padrão.

Pela primeira vez, um agente molecularmente orientado tem sido parte de uma estratégia válida para o tratamento do câncer de ovário avançado. Foi também a primeira vez que uma dose de manutenção que envolva qualquer abordagem terapêutica tem sido descrita para a doença. Além disso, a análise contínua dos dados do estudo podem oferecer insights em subgrupos geneticamente definidos de pacientes que se beneficiaram mais do que outros, apontando para a possibilidade de mais personalizada, o tratamento mais eficaz para o câncer de ovário no futuro.

"O câncer de ovário ainda é um dos cancros mais mortais nas mulheres, de modo que este avanço clínico é particularmente bem-vinda", diz Robert A. Burger, MD, investigador principal no estudo e diretor do Fox Chase Cancer Center. "Antes disso, poderíamos tratar pacientes com câncer ovariano só com cirurgia e quimioterapia relativamente aos agentes tóxicos. Agora, temos um terceiro tipo de terapia mais específica para oferecer a estes pacientes, potencialmente abrindo caminho para o progresso ainda maior nos próximos anos", acrescentou.

Segundo a American Cancer Society, cerca de 22 mil novos casos de câncer ovariano serão diagnosticados este ano, e cerca de 15 mil mulheres morrerão da doença. O câncer de ovário é o câncer oitavo mais comum entre as mulheres, excluindo os não-melanoma, câncer de pele. Ela ocupa o quinto lugar nas mortes por câncer entre as mulheres, sendo responsável por mais mortes do que qualquer outro câncer do sistema reprodutor feminino.

O ensaio, chamado GOG-0218, inscritos 1.873 mulheres previamente não tratados com doença avançada, a partir de 336 sites em quatro países (E.U., Canadá, Coreia do Sul e Japão). As mulheres foram aleatoriamente designados para um dos três protocolos de tratamento: quimioterapia padrão (carboplatina e paclitaxel) e placebo, seguido por placebo de manutenção de até 10 meses adicionais, quimioterapia padrão, além de bevacizumab seguido de manutenção com placebo e quimioterapia padrão, além de bevacizumab seguido de bevacizumab manutenção. O tipo ea frequência dos efeitos secundários associados bevacizumab foram semelhantes aos observados em estudos anteriores sobre o câncer da droga.

O Bevacizumab, presente no Avastin, é um anticorpo monoclonal humanizado, é um inibidor da angiogênese, o que significa que a droga limita o crescimento do tumor, por interferir com a formação de novos vasos sanguíneos para fornecer o tumor com os nutrientes necessários. Atua inibindo a função de uma proteína natural chamada factor de crescimento endotelial vascular, ou VEGF, que é overproduced em muitos cancros e estimula a formação de novos vasos sanguíneos.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Câncer de Ovário    Avastin    Quimioterapia    Bevacizumab    Fox Chase Cancer Center   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de Ovário    Avastin    Quimioterapia    Bevacizumab    Fox Chase Cancer Center   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.