Profissão Saúde
publicado em 28/05/2010 às 13h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Brizza Cavalcante/Ag. Câmara
O presidente da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (ABO), Ronaldo da Veiga Jardim, durante audiência pública na Câmara dos Deputados
  « Anterior
Próxima »  
O presidente da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (ABO), Ronaldo da Veiga Jardim, durante audiência pública na Câmara dos Deputados

A criação sem critérios de cursos de pós-graduação na especialidade de ortodontia foi criticada nesta quinta-feira em audiência pública na Comissão de Educação e Cultura. No debate sobre a qualidade do ensino de pós-graduação em ortodontia, o presidente da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (ABO), Ronaldo da Veiga Jardim, disse que o excesso de cursos contribui para a baixa qualidade do ensino e para a formação de "pseudo-especialistas".

Para ele, muitos cursos são oportunistas, exclusivamente focados no negócio. "Diversos cursos de especialização, mesmo em desacordo com critérios técnicos e com as demandas da sociedade brasileira, são apresentados como forma de garantir emprego em um mercado já praticamente saturado", afirmou.

O vice-presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO), Emanuel Dias de Oliveira e Silva, informou que 1/3 dos cursos de especialização odontológica é na área de ortodontia. Segundo o presidente da ABO, em setembro de 2009 existiam 309 cursos de pós-graduação em ortodontia registrados no CFO. "Isso sem contar os cursos que aparecem como credenciados pelo Ministério da Educação mas não estão registrados no conselho. Estima-se que o número possa até dobrar por conta disso." Jardim disse ainda que nos Estados Unidos existem apenas 64 cursos de pós-graduação em ortodontia.

Conforme o presidente da ABO, somente 22 cursos existentes no Brasil têm carga horária superior a 2.000 horas/aula. A Federação Internacional de Ortodontia recomenda pelo menos 3.700 horas/aula. Já o CFO define como 1.000 horas/aula a carga horária mínima para especializações na área.

Atuação de conselhos

Na audiência, o presidente da Comissão de Educação e Cultura, deputado Wilson Picler (PDT- PR), afirmou que pretende apresentar proposta de alteração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/96) para permitir que os conselhos profissionais possam estabelecer critérios adicionais para a validação dos diplomas e certificados de pós-graduação lato sensu em ortodontia e em outras áreas da saúde. "A livre concorrência na área de educação é predatória e causa uma série de distorções", opinou.

O vice-presidente do CFO também defendeu a atuação dos conselhos profissionais federais e estaduais para opinar sobre as reais demandas da sociedade nesta e em outras áreas da saúde.

Já a deputada Luciana Costa (PR-SP), que também é cirurgiã-dentista, defendeu a inclusão de mais disciplinas sobre ortodontia dentro do currículo normal dos cursos de graduação.

Mestrado

Para o diretor de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação, Paulo Roberto Wollinger, os cursos de pós-graduação lato sensu não garantem a formação de profissionais capacitados para atuar na especialidade de ortodontia ou em outras áreas da saúde. Ele defendeu os mestrados profissionais como saída para garantir a qualidade na formação de especialistas.

Ortodontia é uma especialidade odontológica que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares posicionados de forma inadequada.

Fonte: AGÊNCIA CÂMARA
   Palavras-chave:   Ortodontia    Audiência Pública    Especialidade    Especialista    Câmara dos Deputados    ABO   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Ortodontia    Audiência Pública    Especialidade    Especialista    Câmara dos Deputados    ABO   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.