Geral
publicado em 12/02/2010 às 20h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

No Carnaval, uma das maiores preocupações dos profissionais de saúde é quanto à hidratação - em função de um verão muito quente este ano - e ao consumo de bebidas alcoólicas.

Segundo Severino Farias, médico baiano da Comissão de Comunicação da Sociedade Brasileira de Endocrinologista e Metabologista (SBEM), exagerar no álcool provoca uma baixa da glicose, podendo levar à hipoglicemia. Ele lembra que uma crise pode surgir por outras razões, por isso é fundamental que todo diabético leve na carteira uma identificação, de que é portador da doença e os primeiros cuidados a serem tomados. Caso a pessoa não tenha um cartão específico, deve escrever em um papel e colocar na bolsa. "Explique sobre um possível comportamento anormal, que pode aparentar embriaguez, transpiração excessiva ou até perda de consciência. Não se esqueça de acrescentar os cuidados a serem tomados como: dar água com açúcar ou qualquer bebida açucarada e no caso de inconsciência, encaminhar ao hospital", ensina.

Para o médico, essa identificação é muito importante, uma vez que o uso da insulina em público, à vezes, pode gerar problemas para quem desconhece os cuidados com o diabetes. Ele explica que manter contato com o seu médico, também, é fundamental. "Durante o Carnaval, alguns pacientes acabam perdendo o horário da aplicação da insulina e que pode resultar em uma internação. Aqui em Salvador, os foliões passam até 12 horas nos blocos de Axé. Isso pode se transformar em uma cetoacidose diabética, devido ao aumento das taxas de glicemia, pela ausência do medicamento".

Severino Farias recomenda mais atenção aos sinais do organismo: "mantenha-se bem hidratado, com o cuidado de fazer as refeições nos horários que habitualmente faz, pois isso será um ponto importante para brincar o Carnaval da melhor forma"..

Exercícios

O presidente da SBEM, Ricardo Meirelles, alerta que brincar o Carnaval não deixa de ser uma atividade física e, muitas vezes, extenuante. "No diabético tipo 1, se o exercício é iniciado em hiperglicemia, com insuficiência de insulina em circulação, há tendência de aumentar, ainda mais, a glicemia e sobrevir cetose. Isso acontece pela dificuldade do músculo em utilizar a glicose e pela produção hepática de glicose aumentada. Se, ao contrário, a pessoa com diabetes tipo 1 usar insulina em excesso, a entrada de glicose nos músculos fica aumentada, a produção de glicose pelo fígado fica inibida e pode ocorrer hipoglicemia. É importante lembrar que a hipoglicemia pode ocorrer até cerca de 4 horas após o término do exercício. É muito importante a medição da glicemia capilar a intervalos regulares, durante a folia".

Meirelles faz outra advertência para quem tem retinopatia diabética. Os cuidados devem ser redobrados, pois exercícios muito intensos pode provocar deslocamento de retina ou hemorragia no vítreo.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Carnaval    SBEM    Diabéticos    Cartão de identicação    Cuidados   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Carnaval    SBEM    diabéticos    cartão de identicação    cuidados   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.