Ciência e Tecnologia
publicado em 08/12/2009 às 15h52:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Robert Lawton / St. Louis Childrens
Paciente pediátrico é preparado para exame de polissonografia, para diagnosticar apneia obstrutiva do sono
  « Anterior
Próxima »  
Paciente pediátrico é preparado para exame de polissonografia, para diagnosticar apneia obstrutiva do sono

Pesquisadores da Universidade de Chicago descobriram que um simples exame de urina é capaz de determinar se uma criança tem apneia obstrutiva do sono (SAO) ou ronco habitual.
"Estes resultados abrem a possibilidade de desenvolver um teste de urina relativamente simples que poderia detectar SAO em crianças que roncam. Isso permitiria aliviar a necessidade de estudos do sono caros e inconvenientes", afirmou o autor David Gozal, professor e presidente do Departamento de Pediatria da Universidade de Chicago.
Gozal e um grupo de pesquisadores da Universidade de Louisville estudaram 90 crianças que foram encaminhadas para a clínica do sono por suspeita de distúrbios respiratórios. Eles também recrutaram 30 crianças saudáveis, que não roncavam, para servir como grupo de controle.

Todas as crianças foram submetidas a polissonografia padrão e classificadas ou como portadoras de SAO, ronco habitual ou nenhum distúrbio respiratório do sono.
Além disso, amostras da primeira urina de cada criança foram coletadas pela manhã, após o estudo do sono. Os pesquisadores usaram uma técnica de eletroforese sofisticada para visualizar centenas de proteínas simultaneamente e constataram que em algumas crianças um número de grande de proteínas se apresentou de forma diferente.
"Foi um pouco inesperado que a urina pudesse nos fornecer a capacidade de identificar a SAO. No entanto, o campo de biomarcadores está em forte expansão e isto certamente abre caminho para métodos simples de triagem diagnóstica no futuro", disse Gozal
Enquanto estima-se que 1 a 3 % de todas as crianças, até aos nove anos de idade, sofram de SAO, até 12 % das crianças têm experiência com ronco habitual.

Para o pesquisador é essencial diferenciar SAO de ronco habitual, pois a primeira pode levar a consequências cognitivas, comportamentais, cardiovasculares e até metabólicas nas crianças. A abordagem inicial para o tratamento do distúrbio do sono é cirúrgica, com a remoção de amídalas e adenoides.
"Queremos validar estes resultados em amostras de urina de muitas crianças, e em laboratórios em todo o país, para desenvolver um teste baseado em mudanças de cor, semelhante aos de gravidez, que pode ser feito no consultório médico ou em casa pelos pais," concluiu Gozal.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
SAO    apneia    distúrbio do sono    ronco habitual    teste de urina    David Gozal    Universidade de Chicago    Universidade de Louisville   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.