Profissão Saúde
publicado em 19/10/2013 às 12h04:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Marcelo Camargo/ABr
Painel com crianças desaparecidas na sede da organização Mães da Sé, em São Paulo
  « Anterior
Próxima »  
Painel com crianças desaparecidas na sede da organização Mães da Sé, em São Paulo

O Conselho Federal de Medicina (CFM) lançou, nesta sexta-feira (18), Dia do Médico, o hotsite "Médicos em resgate de crianças desaparecidas".

O sistema permite que pessoas de diversos países cadastrem suas crianças e tem como público alvo o próprio médico já que, "em algum momento, todas vão ao médico. Assim o profissional passa a ser fundamental no processo.

O novo site terá uma base com dados do Brasil, de países latino-americanos e outros países de língua portuguesa, com moderação realizada pelo CFM. O cadastramento será através de um formulário com informações do responsável, da criança e das circunstâncias do desaparecimento.

No espaço destinado à criança, deverão constar informações como: nome completo, sexo, data de nascimento, cor dos olhos, do cabelo e da pele, tipo físico, marcas ou cicatrizes, existência de algum tipo de deficiência ou doença mental, além de foto. A apresentação do boletim de ocorrência (BO) é obrigatória e o cadastro poderá ser feito para crianças desaparecidas no Brasil, Portugal, Espanha, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Periodicamente, o CFM entrará em contato com os responsáveis pelas crianças cadastradas para atualizar as informações, procedendo a baixa do sistema das crianças encontradas.

Segundo o CFM, "atualmente, existem diversos sites e serviços sobre crianças desaparecidas, mas este será o primeiro de escopo internacional e voltado ao público médico, que assume o papel de agente agregador."

A página também apresentará um banner com as crianças e um formulário de busca, além de orientações sobre como evitar o desaparecimento de crianças e como proceder caso as reconheça ou possua informações que possam levar a polícia a elas. Estarão indicados, ainda, os procedimentos médicos que facilitam na identificação dessas crianças durante o atendimento.

A página "Médicos em resgate de crianças desaparecidas" está disponível em três idiomas: português, espanhol e inglês. O CFM é o responsável pelo hotsite em português e a Confederação Médica Latinoamericana e do Caribe (Confemel), representada por Eduardo Santana no lançamento, vai realizar a moderação nos demais idiomas. O projeto também tem apoio do Conselho Geral de Colégios Oficiais e Médicos da Espanha.

Conheça o site

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
crianças desaparecidas    site para localizar crianças desaparecidades    CFM    Dia do Médico    Médicos em resgate de crianças desaparecidas    saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.