Saúde Pública
publicado em 04/10/2013 às 11h21:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Divulgação/Univ. of Health
Paciente realiza exame de ultrassonografia da mama. Câncer de mama é a segunda principal causa de morte por câncer em mulheres
  « Anterior
Próxima »  
Paciente realiza exame de ultrassonografia da mama. Câncer de mama é a segunda principal causa de morte por câncer em mulheres

Mostrar às pacientes qual a probabilidade de desenvolver câncer de mama num período de cinco anos pode não ser suficiente para garantir que as mulheres tomem decisões com base nos resultados. A afirmação é de estudo recente realizado nos Estados Unidos.

De acordo com levantamento, 19% das mulheres que completaram a avaliação de risco de câncer de mama não levaram em consideração as taxas de risco. Elas também não acreditam nas estimativas da redução dos riscos com o uso da quimioterapia preventiva com tamoxifeno ou raloxifeno

"Se as pessoas não acreditam nos prognósticos médicos, não têm como tomar decisões acertadas sobre como prevenir ou se tratar, afirmou uma das integrantes do estudo, Angela Fagerlin, professora da Michigan Medical School. "Ignorar as indicações médicas pode ser muito prejudicial. Um grupo de mulheres que minimiza os riscos pode ignorar as estratégias de quimioprevenção que reduziriam significativamente estes riscos. Por outro lado, se estes números são supervalorizados, as pacientes podem se submeter a tratamentos clínicos inapropriados."

Segundo os resultados da pesquisa, a ação do profissional de saúde é muito importante nestes casos. "Para ajudar a minimizar o problema, os médicos devem levar alguns minutos extras explicando às pacientes os fatores que foram utilizados para estimar a probabilidade de desenvolver câncer, destacando informações adicionais não incluídas na avaliação," afirmou Laura D. Scherer, responsável pelo levantamento. "Estas pacientes necessitam de mais orientação do que simplesmente jogar um número para elas e dizer, este número é personalizado," completa Scherer, professora assistente de psicologia da University of Missouri.

O câncer de mama é a segunda principal causa de morte por câncer em mulheres, superado apenas pelo câncer de pulmão, segundo a Sociedade Americana do Câncer. Estima-se que 232 mil novos casos de câncer de mama invasivo deverão ser diagnosticados em mulheres em 2013, e cerca de 39 mil mulheres vão morrer em decorrência da doença nos Estados Unidos.

Veja o abstract do estudo

Fonte:
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
avaliações de risco para câncer de mama    avaliações de risco    câncer de mama    números de câncer de mama    risco de câncer de mama    Patient Education and Counseling    Michigan Medical School    Angela Fagerlin    Laura D. Scherer   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.