Artigo
publicado em 11/09/2013 às 11h38:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Sociedade Brasileira de Cardiologia
Jadelson Andrade, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC)
  « Anterior
Próxima »  
Jadelson Andrade, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC)

4 de junho de 2013, 20h00

"Importaremos milhares de médicos estrangeiros para atuar no Brasil!" - Dilma Rousseff

Uma data e uma expressão para jamais serem esquecidas pela classe médica brasileira!

Neste dia e horário, em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, a presidente da República, Dilma Rousseff, anuncia, dentre outras medidas como resposta as expressivas manifestações de rua, sem precedentes no Brasil, que estaria autorizando a importação de milhares de médicos estrangeiros para atuar nas cidades do interior do país.

Jamais uma proposta soou tão despropositada e distante das reais necessidades da população brasileira em relação à atenção à saúde pública quanto a que foi sugerida à presidente para ser incluída no seu pronunciamento!

Observando o movimento da juventude brasileira nas ruas em relação à saúde, percebe-se claramente o que foi pedido: o direito a uma assistência à saúde com mais qualidade, estrutura e melhores resultados!

Lamentável que os responsáveis pela aplicação dessas ações não tenham conseguido ouvir e entender a mensagem dos jovens brasileiros e apontar à presidente qual seria o tom correto da sua fala à nação!

No açodamento da tomada de decisões e distante dos reclames das ruas, a presidente da República envia ao congresso nacional, sob orientação dos ministros da Saúde, Alexandre Padilha, e da Educação, Aloísio Mercadante, a Medida Provisória para criar o "Programa Mais Médicos".

A despropositada medida traz no seu bojo dois sérios equívocos: os médicos estrangeiros não realizariam a revalidação do seu diploma no Brasil e o curso de graduação em medicina seria prorrogado por dois anos.

Desprezando quem poderia orientá-la na elaboração de um planejamento para criação de um Programa Nacional de Assistência à Saúde Pública no Brasil, a presidente, em mais um ato equivocado, veta o "Projeto de Lei do Ato Médico" que por 11 anos foi amplamente discutido no Congresso e aprovado no Senado.

A resposta veio à altura e intensidade que se fazia necessário: as entidades médicas brasileiras, unidas através de CFM, AMB e FENAM, mobilizaram a categoria médica, foram às ruas manifestar sua indignação e preocupação com as graves consequências que poderiam advir para a saúde da população se o congresso nacional aprovasse a medida impositiva e inconsequente editada pelo governo federal!

As denúncias das entidades médicas evidenciando falta de estrutura e recursos para a assistência à saúde no Brasil se sucederam em todo o país.

Os conselhos universitários manifestaram a sua reprovação à proposta de modificação do currículo de graduação médica.

Ao congresso nacional é demonstrada a gravidade do que poderia advir caso a medida não venha a ser rejeitada!

A luta continua!

Até que se retome o caminho do bom senso e da responsabilidade para com a saúde da população brasileira!

Até que se resgate o respeito ao médico brasileiro, proporcionando-lhe condições dignas de trabalho!

Fonte: CFM
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
A SBC Recomenda: Saúde com Qualidade    Jadelson Andrade    mais médicos    programa mais médicos    importação de médicos    saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.