Geral
publicado em 06/09/2013 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: SECOM RJ
Pacientes atendidos no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC)
  « Anterior
Próxima »  
Pacientes atendidos no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC)

O tratamento trombólico para casos de Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico, do Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), será a referência para o Protocolo de Ataque Cerebral do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC). O procedimento dissolve o coágulo do vaso sanguíneo e diminui as chances do paciente de AVC isquêmico ficar com sequelas.

O trombolítico, farmáco utilizado no tratamento, só pode ser aplicado em até quatro horas depois do início dos sintomas. Dessa forma, os hospitais estaduais farão a administração do medicamento nos pacientes com indicação e em seguida transferi-los para o acompanhamento do caso no IEC. A terapia será ampliada a toda a rede pública do Estado, com equipes de neurocirurgiões e neurologistas do Instituto do Cérebro prontos para atender casos de todas as unidades.

O clínico que recebe o paciente vai fazer a tomografia, entrar em contato com a equipe do instituto através da telemedicina e apresentar o caso. O neurologista vai dizer se há indicação do trombolítico. O objetivo é não perder o tempo de eficácia do medicamento - explicou a subsecretária de Unidades Próprias, Ana Neves.

Com a aplicação do trombolítico, o paciente, então, será transferido para o IEC para que a evolução do caso seja monitorada pela equipe de neurologistas. O primeiro hospital a receber a estrutura para as teleconferências entre os médicos será o Albert Schweitzer, em Realengo.

A expectativa é de que o serviço comece a funcionar no primeiro semestre de 2014. Depois de iniciar os protocolos no Albert Schweitzer, vamos expandir para os demais hospitais estaduais - disse a subsecretária.

Desde outubro de 2010, uma equipe de oito neurologistas atua 24 horas no Hospital Getúlio Vargas em casos de AVC isquêmico. A equipe já realizou cerca de 120 trombólises com índice de 95% de sucesso. O Getúlio Vargas atende pacientes encaminhados de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e outros hospitais municipais e estaduais.

Quando iniciamos o trabalho fizemos um treinamento em todas as UPAs explicando quais são os sinais de alerta. O médico clínico nas unidades e nos hospitais faz o atendimento e, reconhecendo os sintomas, entra em contato com a gente para saber se há indicação de trombólise. Em caso afirmativo, o paciente é transferido para cá", afirmou Soraia Pulier, neurologista do Getúlio Vargas.

Na unidade, o paciente transferido é recebido na Emergência, faz tomografia e é encaminhado para o Centro de Terapia Intensiva (CTI) para a realização da trombólise.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer    AVC    Rio de Janeiro    tratamento trombólico    isquêmico    trombolítico    Hospital Estadual Getúlio Vargas    Saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.