Geral
publicado em 27/08/2013 às 14h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Kzenon/Foto Stock
Droga ativa uma proteína chamada Rev-ErbAa que influencia a queima de gordura
  « Anterior
Próxima »  
Droga ativa uma proteína chamada Rev-ErbAa que influencia a queima de gordura

Cientistas do Scripps Research Institute, nos EUA, estão desenvolvendo uma droga conhecida como SR9009, que promete aumentar os efeitos do exercício físico.

Testada em camundongos, ela aumenta o nível de atividade metabólica nos músculos esqueléticos dos animais, que desenvolvem músculos maiores e podem correr distâncias mais longas.

Se efeitos semelhantes puderem ser obtidos em humanos, a reversão da obesidade, da síndrome metabólica e talvez do diabetes do tipo II podem ser resultados muito bem-vindos.

O medicamento foi desenvolvido pelo professor Thomas Burris, que descobriu que a droga era capaz de reduzir a obesidade em populações de ratos.

Segundo os pesquisadores, a droga ativa uma proteína chamada Rev-ErbAa, que influencia a queima de gordura e açúcar no fígado, a produção de células de gordura e a resposta inflamatória do corpo.

Estudos anteriores em ratos que não recebiam a Rev-ErbAa mostraram músculos esqueléticos, taxa metabólica baixa e capacidade de correr diminuída.

Quando o grupo de ratos passou a receber a proteína, os resultados foram notáveis. A taxa metabólica nos músculos esqueléticos dos ratos aumentou significativamente. Os ratos tratados não foram autorizados a se exercitar, mas, apesar disso, desenvolveram a capacidade de correr cerca de 50% mais do que podiam antes de serem interrompidos por exaustão.

"Os animais realmente obtiveram músculos como os de um atleta que treina diariamente. O padrão de expressão gênica após o tratamento com SR9009 é a de um músculo do tipo oxidativo, mais uma vez, igual a de um atleta", afirma Burris.

O pesquisador observou que os efeitos benéficos do SR9009 em ratos poderiam ser reproduzidos em pessoas com síndrome metabólica ou outras condições que reduzam sua capacidade de praticar exercícios.

A torcida dos pesquisadores é para que os efeitos observados nos ratos possam ser reproduzidos em humanos, e assim auxiliarem em tratamentos para obesidade, síndrome metabólica e diabetes.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
exercício físico    desenvolvimento muscular    Instituto de Pesquisas Scripps    Thomas Burris   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.