Ciência e Tecnologia
publicado em 18/08/2013 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Illinois, nos EUA, identificaram uma enzima que pode ser explorada como alvo para o desenvolvimento de novas estratégias de tratamento contra o câncer.

A enzima, que metaboliza a glucose necessária para o crescimento do tumor, é encontrada em altas concentrações nas células cancerosas, mas em muito poucos tecidos adultos normais.

De acordo com os pesquisadores, eliminar o gene para a enzima parou o crescimento do câncer em ratos de laboratório, sem efeitos adversos associados.

A segmentação do metabolismo da glicose para a terapia do câncer, evitando efeitos adversos em outras partes do corpo, tem sido uma estratégia "questionável", segundo o autor da pesquisa Nissim Hay. Mas ele e seus colaboradores demonstraram que o metabolismo da glicose pela enzima hexoquinase-2 pode ser quase completamente eliminado em ratos adultos sem afetar as funções metabólicas normais ou o tempo de vida.

Hexoquinase-2 é abundante em embriões, mas ausente na maioria das células adultas, onde enzimas relacionadas assumem seu papel no metabolismo. Uma das mudanças que marcam uma célula como cancerosa é a expressão da enzima embrionária. Hay e seus colegas mostraram que a versão embrionária é necessária para que as células cancerosas proliferem e cresçam, e que a sua eliminação interrompe o crescimento do tumor.

Eles desenvolveram uma cepa de rato na qual eles poderiam silenciar ou eliminar o gene HK2 e descobriram que esses ratos não poderiam desenvolver câncer de pulmão ou de mama e eram normais e saudáveis.

"Nós apagamos o gene HK2 nesses camundongos, e eles viveram por mais de dois anos. Sua vida útil é a mesma de camundongos normais", afirma Hay.

A equipe acredita que sem HK2, as células cancerosas não produzem DNA suficiente para novas células, e assim o crescimento do tumor chega a um impasse e cessa.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Câncer    Enzima-chave    Células cancerosas    Enzima HK2    Universidade de Illinois   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer    enzima-chave    células cancerosas    enzima HK2    Universidade de Illinois   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.