Geral
publicado em 16/08/2013 às 11h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Depositphotos
Café é uma mistura complexa de produtos químicos que consistem em milhares de componentes
  « Anterior
Próxima »  
Café é uma mistura complexa de produtos químicos que consistem em milhares de componentes

O consumo de quatro xícaras de café por dia aumenta o risco de morte precoce em pessoas com menos de 55 anos de idade. É o que mostra estudo de pesquisadores da University of South Carolina, nos EUA.

Os resultados revelam que beber 28 xícaras de café por semana quase duplica a chance de morrer prematuramente. De acordo com os pesquisadores, o café em excesso pode afetar negativamente o metabolismo do corpo, superando alguns dos benefícios conhecidos para a saúde.

A equipe de pesquisa analisou o estilo de vida de 43.727 indivíduos com idade entre 20 e 87 anos durante um período de acompanhamento de 16 anos.

Durante o período médio de acompanhamento, houve 2.512 mortes, 32% delas causadas por doença cardiovascular. Aqueles que consumiram maior quantidade de café (homens e mulheres) eram mais propensos a fumar e tinham menores níveis de aptidão cardiorrespiratória.

Os homens mais jovens tiveram uma tendência maior de mortalidade, mesmo com menor consumo, mas isso tornou-se significativo entre aqueles que bebiam cerca de 28 copos por semana, com um aumento de 56% na mortalidade por todas as causas. As mulheres mais jovens que consumiam mais de 28 xícaras de café por semana também tiveram um risco duas vezes maior de morte por todas as causas do que aquelas que não bebiam café.

O café é uma mistura complexa de produtos químicos que consistem em milhares de componentes. Uma pesquisa recente revelou que o café é uma das principais fontes de antioxidantes na dieta e tem potenciais efeitos benéficos sobre a inflamação e a função cognitiva. No entanto, o café também tem potenciais efeitos adversos por causa do potencial da cafeína em estimular a liberação de adrenalina, inibir a atividade da insulina e aumentar a pressão sanguínea e os níveis de homocisteína.

Os investigadores sugerem que as pessoas mais jovens, em particular, devem evitar o consumo de mais de 28 xícaras de café por semana ou quatro copos em um dia típico. No entanto, eles enfatizam que são necessários mais estudos em diferentes populações para avaliar detalhes sobre os efeitos do consumo de café a longo prazo.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Café    Xícaras de café    Morte precoce    Mortalidade    University of South Carolina   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Café    xícaras de café    morte precoce    mortalidade    University of South Carolina   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.