Saúde Pública
publicado em 06/08/2013 às 16h58:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Maurício Bazílio/SECOM RJ
Campanha Contra Tuberculose monta exposição para alertar a população sobre os perigos da doença
  « Anterior
Próxima »  
Campanha Contra Tuberculose monta exposição para alertar a população sobre os perigos da doença

O estado do Rio de Janeiro registra a maior incidência de tuberculose no Brasil, o Rio também concentra a maior parte dos casos em pacientes que apresentam resistência à medicação usada no tratamento. De 2009 adezembro de 2012, 33 municípios fluminenses diagnosticaram 551 pacientes resistentes, sendo 331 ou 56,80% moradores da capital. De acordo com dados preliminares de 2012, foram notificados 155 casos de resistência aos principaismedicamentos, em todo estado, 58,7% (91) na capital.

"Em sua maioria, são pessoas que já abandonaram o tratamento mais de uma vez e, por isso, desenvolveram resistência à medicação. Esses casos preocupam porque, ao contrário dos demais, que depois de 15 dias medicados deixam de transmitir adoença, os resistentes podem continuar contaminando mesmo tomando os remédios, pois a resposta ao tratamento é mais demorada," diz a coordenadora do Programade Tuberculose da Secretaria de Estado de Saúde, a médica Ana Alice Pereira.

Dados preliminares revelam que o Estado do Rio registrou 14.039 casos detuberculose em 2012, em torno de 15% do total do país. A capital reúne 52,94%dos registros. Entre os 14.039 casos de tuberculose estado, 954 se referem a pacientes que retomaram o tratamento depois de abandoná-lo. A maior parte desses casos, 573 (60,06%) se encontra no município do Rio.

"Depois de tomar os remédios por três meses, o paciente se sente melhor, acha que já está curado e interrompe o tratamento, que dura no mínimo seis meses. Essa atitude é perigosa porque muitos podem se tornar um paciente resistente aos diversos medicamentos. Para isso não acontecer, o médico e toda a equipe de saúde precisa acolher bem os doentes, informando acerca de todo o tratamento, a importância de sua duração, etc. É preciso lembrar que muita gente leva um susto quando recebe o diagnóstico de tuberculose, pois ainda existe preconceito e falta de informação acerca da doença, e pode nem voltar à unidadede saúde,"explica Ana Alice.

O Rio de Janeiro comemora, nesta terça-feira (6), o Dia Estadual de Conscientização, Mobilização e Combate à Tuberculose.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
tubercolose    resistência à medicamentos    paciente resistente    Dia Estadual de Conscientização    Mobilização e Combate à tuberculose   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.