Saúde Pública
publicado em 31/07/2013 às 12h44:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Alessandra Coelho/SECOM RJ
Foto: Alessandra Coelho/SECOM RJ
Foto: Alessandra Coelho/SECOM RJ
Centro cirúrgico do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer, no Rio de Janeiro Mais de 180 pacientes já foram atendidos no ambulatório do instituto e preparados para as cirurgias que começam em 1º de agosto. Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer abre o seu centro cirúrgico para os primeiros procedimentos.
  « Anterior
Próxima »  
Centro cirúrgico do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer, no Rio de Janeiro
Mais de 180 pacientes já foram atendidos no ambulatório do instituto e preparados para as cirurgias que começam em 1º de agosto.
Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer abre o seu centro cirúrgico para os primeiros procedimentos.

O Governo do Rio de Janeiro inaugurou, nesta terça-feira (30), o centro cirúrgico do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer, no centro da cidade. O serviço começa a funcionar nesta quinta-feira (1), mas as primeiras consultas ambulatoriais estão sendo realizadas desde o dia 24 de junho.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, " a unidade, que atenderá exclusivamente pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), é o primeiro centro voltado para o tratamento de doenças do cérebro do Brasil."


O novo hospital vai realizar tratamento de doenças do sistema nervoso central e periférico, como tumores e doenças vasculares e degenerativas. Contando com quatro centros cirúrgicos e mais de 200 leitos a unidade de saúde realizará de oito a dez cirurgias por dia.


O complexo que compreende o instituto e o Hospital Estadual Anchieta, no Caju, conta com 44 leitos de UTI e outros 56 de retaguarda (enfermaria) nesta primeira etapa. Segundo o governo, serão construídos ainda outros 100 leitos na segunda fase. A administração da unidade de saúde segue o modelo de gestão compartilhada por Organizações Sociais (OSs), a cargo da Pró-Saúde (Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar).



De acordo com o secretário Sérgio Côrtes, a unidade de saúde está suprindo uma necessidade de hospitais para o tratamento de tumores cerebrais, doença de Parkinson, epilepsia, entre outros. O secretário disse ainda que o hospital será um centro de referência de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e que " no local onde hoje é o estacionamento da unidade será construído um prédio de 12 andares, com suítes para pacientes, em um prazo de 18 meses."

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer    doenças do cérebro    AVC    Parkinson    Sérgio Côrtes   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.