Saúde Pública
publicado em 26/07/2013 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Começa a funcionar no Rio de Janeiro o novo protocolo de regulação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva. O novo protocolo é resultado de trabalho conjunto da Secretaria de Estado de Saúde (SES) o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) e a Sociedade de Terapia Intensiva do Rio de Janeiro (Sotierj).

Com a adoção do protocolo, que estabelece critérios clínicos para identificar um paciente passível de internação em UTI, os pedidos de vagas deste tipo passam a ser feitas, a partir de agosto, pelo Sistema Estadual de Regulação, que funciona online, possibilitando às unidades de saúde acompanhar a evolução do pedido de leito e oferecer mais informações às famílias dos pacientes que muitas vezes recorrem à Justiça para obter uma vaga.

Os pedidos de mandados judiciais passam a frente das demais solicitações, mas nem sempre se referem aos casos mais graves. Tanto que, muitas vezes, no dia seguinte à internação na UTI, os pacientes recebiam alta médica. Faltava um critério mais definido. A transparência do sistema online e a fixação de regras claras descritas no protocolo vão ajudar o público a compreender que recorrer à Justiça para conseguir uma vaga, na verdade, gera iniquidade porque fura a fila de pacientes que, muitas vezes, estão em estado mais grave. As regras foram criadas em parceria, com muita conversa e diálogo, explica Waleska Lopes Guerra, Superintendente de Regulação da SES.

Hoje, 90% das vagas reguladas via mandados judiciais se referem a leitos de UTI, boa parte de pacientes que possuem plano de saúde, mas sem cobertura de terapia intensiva. São, em média, 57 novos pedidos de internação em leitos de UTI por dia.

O protocolo começou a funcionar em janeiro num projeto piloto para leitos de UTI neonatal e agora será estendido aos leitos de UTI adulto e pediátrico. Pelas novas regras, o formulário de solicitação de UTI, disponível no SER, deve ser preenchido com informações sobre o quadro clínico do paciente para que seja identificada a gravidade do caso. Os dados (pressão arterial, frequência de pulso, frequência respiratória, temperatura, saturação arterial de oxigênio, além do nível de consciência do paciente) devem ser atualizados, online, a cada modificação do quadro clínico. Da unidade de saúde, os profissionais cadastrados no sistema e com senha podem acompanhar a evolução do pedido e identificar a posição do paciente em relação às demais solicitações.

O protocolo também estabelece critérios para ingresso na UTI. Entre eles, a prioridade para pedidos oriundos de unidades de saúde que não dispõem de leitos de UTI, para pacientes críticos que requerem leitos de isolamento, para situações de catástrofe, desastres, acidentes com múltiplas vítimas, epidemias de dengue entre outras.

A resolução ainda define casos que merecem prioridades clínicas, entre eles pacientes cuja reversão do quadro depende de internação em UTI e situações que exigem monitoramento contínuo, que podem necessitar de intervenção imediata.

Com informações do SES RJ

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
regulação de leitos de UTI    sistema on line    leitos de UTI    SUS    SES RJ    formulário de solicitação de UTI    Waleska Lopes Guerra       
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.