Profissão Saúde
publicado em 21/07/2013 às 11h01:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: João Bittar/Arquivo MEC
Estudantes de medicina durante treinamento. Hospital que valoriza atenção primária incentiva o profissional durante a formação
  « Anterior
Próxima »  
Estudantes de medicina durante treinamento. Hospital que valoriza atenção primária incentiva o profissional durante a formação

Menos de 25% dos novos médicos americanos estão buscando a atenção primária ou se dispondo a trabalhar em comunidades rurais. De acordo com estudo publicado na Academic Medicine, " os EUA parecem estar perdendo seu esforço para evitar a escassez de médicos nas áreas de cuidados primários."

Segundo os números publicados no American Medical Association' s 2013 Physician Characteristics and Distribution in the U.S., cerca de 30% dos médicos que prestam assistência ao paciente são médicos de família, internistas e pediatras. De acordo com o estudo, com a permanência do cenário atual, em 2025 haverá um déficit de quase 66 mil médicos de cuidados primários no país.

O estudo acompanhou cerca de 9 mil médicos que realizam seus treinamentos em 759 hospitais, entre 2006 e 2008, e examinou o que estes profissionais buscaram entre três a cinco anos após o treinamento.

Os resultados mostram que 17% dos internistas se identificaram como profissionais hospitalares, 24% buscaram a atenção básica e apenas 5% destes residentes se instalaram em áreas rurais.

Grandes disparidades em programas de residência

Por trás da baixa participação de estagiários no programas de cuidados primários está a grande variação entre os programas de residência. Segundo a pesquisa, 158 dos 759 locais de treinamento estudados não formavam um médico de cuidados primários, enquanto 184 deles tinham 80% de seus residentes buscando áreas de cuidados primários.

Nossos resultados mostram a falta de cuidados primários como um todo. A realidade destas disparidades são resultados das decisões de cada uma das instituições que administram os programas de residência. Acreditamos que, agora, é importante entender os objetivos de cada uma delas, para tentar equalizar esta disparidade," disse a pediatra Candice Chen, principal autora do estudo.

" Se os programas de residência não incentivarem estes profissionais durante a sua formação, a falta de cuidados de saúde primários, especialmente em áreas remotas, vai piorar," afirma Chen.

Um hospital que valoriza a prática da atenção primária pode persuadir residentes de medicina a buscar esta área. Mais pesquisas devem ser feitas para determinar os fatores associados com os locais de treinamento que produzem os maiores índices de médicos de cuidados primários," completa a pesquisadora.

Veja o abstract do estudo

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
falta decuidados primários    cuidados primários de saúde    atenção primária    médicos recém-formados    residentes    residência médica    médicos    American Medical Association    National Health Service Corps    American Medical Association's 2013 Physician Characteristics and Distribution in the U.S   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.