Saúde Pública
publicado em 12/07/2013 às 11h47:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: UN Photo/Tobin Jones
Mohammed se recupera de Malária em clínica na capital da Somália. Nove em cada dez mortes pela doença em todo mundo são registradas na África.
  « Anterior
Próxima »  
Mohammed se recupera de Malária em clínica na capital da Somália. Nove em cada dez mortes pela doença em todo mundo são registradas na África.

Um custo para economia de cerca de US$ 12 biliões por ano. Concentração de quase 80% dos casos mundiais. Nove em cada dez mortes pela doença em todo mundo registradas no continente.

Os números da malária no continente africano, considerados alarmantes pela Organização Mundial da Saúde (OMS), levaram especialistas a criarem um novo plano que tem como meta ser refletido nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para o período pós-2015.

O vice-presidente do Fórum de Parceiros Angolanos Contra a Malária, Jaime Molossande, falou da necessidade da participação da sociedade no projeto "Fazer Recuar a Malária"

"Temos que refletir, profundamente, para o papel que as parcerias têm na luta contra a malária. Assim o entendemos nós, os jornalistas, que estão envolvidos na comunicação. Tal como se diz 'água mole em pedra dura tanto bate até que fura'. Olhamos para os nossos contextos em que as pessoas devem saber o que deve ser o seu papel, porque as causas e as consequências estão identificadas", referiu.

De acordo com dados do Programa da ONU para o Desenvolvimento (Pnud) determinantes como condições das famílias, práticas agrícolas mais inteligentes e sistemas de saúde mais robustos ajudaram a garantir um maior acesso a programas de transmissão e tratamento da malária.

A diretora adjunta da agência, Rebeca Grynspan, disse que não foi somente por meio de redes mosquiteiras e de melhores remédios que a doença foi eliminada no norte da Europa e América do Norte.

Apesar do aumento da cobertura com as intervenções de controle dos vetores, considera-se que devem ser integrados os esforços em setores de desenvolvimento para permitir o controle e a eliminação da doença de forma sustentável.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Malária    Malária na África    Organização Mundial da Saúde    Parceiros Angolanos Contra a Malária    Jaime Molossande    Pnud    Fazer Recuar a Malária   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.