Ciência e Tecnologia
publicado em 05/07/2013 às 13h36:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A análise de três marcadores na urina de pacientes transplantados renais pode prever a rejeição do transplante, de acordo com resultados de um ensaio clínico desenvolvido pelo Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), dos EUA.

Este teste de biomarcadores (moléculas que indicam o progresso de uma doença) oferece uma alternativa precisa e não invasiva à biopsia renal normal, na qual os médicos precisam remover um pequeno pedaço de tecido do rim para avaliar as possibilidades de rejeição.

"O desenvolvimento de um teste não invasivo para monitorar o status de rejeição do transplante renal é um importante avanço que permitirá que os médicos possam intervir precocemente para evitar a rejeição ou lesão órgão, o que deve melhorar os resultados a longo prazo para os receptores de transplante", disse o diretor do NIAID, Anthony S. Fauci.

Após um transplante renal, os pacientes recebem terapia para evitar que seus sistemas imunológicos rejeitem o órgão. Mesmo com a terapia imunossupressora, aproximadamente 10 a 15% dos pacientes passam pelo processo de rejeição do rim no período de um ano após o transplante.

" Atualmente, uma biópsia é realizada somente se o paciente apresenta sinais de lesão renal. Embora o procedimento raramente cause complicações graves, ele carrega alguns riscos, como sangramento e dor. Além disso, amostras de biópsia, por vezes, não dão aos médicos uma noção exata do estado geral do rim, porque as amostras são pequenas e não podem conter qualquer tecido lesionado," afirmam os pesquisadores.

"Este novo teste pode permitir que os médicos monitorem com mais precisão e rotineiramente os transplantados renais", disse Daniel Rotrosen, diretor da Divisão de Alergia, Imunologia e Transplante do NIAID. "Ao rastrear as condições de rejeição de um paciente ao longo do tempo, os médicos podem ser capazes de modular as doses de imunossupressores para prolongar a sobrevivência do rim transplantado."

O estudo

"No estudo, pesquisadores coletaram amostras de urina de 485 pacientes transplantados renais, com períodos de três dias a um ano após o transplante. A análise estatística revelou que um grupo de três biomarcadores urinários formou uma assinatura de diagnóstico que poderia distinguir transplantados renais com rejeição confirmada por biópsia daqueles cuja biópsia não mostrou sinais de rejeição ou que não foram submetidos a uma biópsia.

Os biomarcadores incluem duas moléculas de RNA mensageiro que codificam proteínas do sistema imunológico implicados na rejeição de transplantes e uma molécula de ARN não codificante que participa na produção da proteína. Os investigadores utilizaram a assinatura para atribuir valores para cada amostra de urina e identificar um valor médio, indicativo de rejeição. Com este teste, podem detectar a rejeição de transplantes com um nível elevado de precisão.

Para determinar se o teste de urina pode também predizer rejeição no futuro, os cientistas analisaram as tendências da assinatura de diagnóstico em amostras de urina colhidas nas semanas antes de um episódio de rejeição. Os valores para pacientes que sofreram rejeição aumentou lenta mas firmemente nos dias que antecederam o evento, com uma característica de um aumento mais intenso cerca de 20 dias antes da biópsia que confirmou a rejeição. Em contraste, os valores para os pacientes que não apresentavam quaisquer sinais clínicos de rejeição se mantiveram relativamente constantes e abaixo dos limites propostos.

Veja o abstract do artigo

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Teste de urina    rejeição de transplante de rim    transplante renal    Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas    Anthony S. Fauci   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.