Ciência e Tecnologia
publicado em 27/06/2013 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Vkovalcik/Stock Photo
Plataforma pode ser utilizada para o desenvolvimento de vacinas experimentais para qualquer vírus
  « Anterior
Próxima »  
Plataforma pode ser utilizada para o desenvolvimento de vacinas experimentais para qualquer vírus

Cientistas dos EUA desenvolveram um novo método de vacinação que utiliza partículas de ouro minúsculas para imitar um vírus e transportar proteínas específicas para as células imunes especializadas do corpo.

A técnica difere da abordagem tradicional de utilização de vírus morto ou inativo como uma vacina e foi demonstrado em laboratório utilizando uma proteína específica que fica na superfície do vírus sincicial respiratório (RSV).

Os resultados foram publicados na revista Nanotechnology.

RSV é a principal causa viral de infecções do trato respiração, causando milhares de mortes e um número estimado de 65 milhões de infecções por ano, principalmente em crianças e idosos.

Os efeitos prejudiciais de RSV derivam, em parte, de uma proteína específica, denominada proteína F, que reveste a superfície do vírus. A proteína permite a entrada do vírus no citoplasma das células e também faz com que as células se unam, tornando mais difícil eliminar o vírus.

A defesa natural do organismo para o RSV é, assim, dirigida para a proteína F, no entanto, até agora, os investigadores têm tido dificuldade em criar uma vacina que entrega a proteína F para as células imunes especializadas no corpo.

Neste estudo, os pesquisadores criaram pequenos nanobastões de ouro que tinham quase exatamente o mesmo tamanho e forma que o próprio vírus. Os nanobastões de ouro foram revestidos com sucesso com as proteínas F de RSV e foram colados graças às propriedades físicas e químicas únicas dos próprios nanobastões.

Os investigadores testaram a capacidade dos nanobastões de ouro para entregar a proteína F a células imunes específicas, conhecidas como células dendríticas, que foram retiradas de amostras do sangue de adultos.

As células dendríticas funcionam como células de processamento no sistema imune, levando a informação importante de um vírus, tal como a proteína F, e apresentando-as às células que podem executar uma ação contra ele.

Uma vez que os nanobastões revestidos com as proteínas F foram adicionados a uma amostra de células dendríticas, os investigadores analisaram a proliferação de células T. Eles descobriram que os nanobastões revestidos com proteína fez com que as células T proliferassem mais em comparação com nanobastões não revestidos e a proteína F sozinha.

Segundo os pesquisadores, isso não só prova que os nanobastões de ouro revestidos são capazes de mimetizar o vírus e estimular uma resposta imunitária, mas também mostrou que eles não são tóxicos para as células humanas, aumentando o seu potencial como uma vacina humana real.

Devido à versatilidade dos nanobastões de ouro, a equipe acredita que sua utilização potencial não está limitada ao vírus RSV. "Esta plataforma pode ser utilizada para o desenvolvimento de vacinas experimentais para qualquer vírus, e, de fato, outros micróbios de maiores dimensões, tais como bactérias e fungos", afirma o pesquisador James Crowe da Vanderbilt University.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Vacina    Partículas de ouro    Resposta imune    Vanderbilt University    James Crowe   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Vacina    Partículas de ouro    Resposta imune    Vanderbilt University    James Crowe   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.