Ciência e Tecnologia
publicado em 21/06/2013 às 18h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas do Massachusetts Institute of Technology, nos EUA, desenvolveram um novo algoritmo que pode medir com precisão a frequência cardíaca analisando os movimentos da cabeça de uma pessoa de pessoa.

A abordagem, que utiliza imagens retratadas em um vídeo digital comum monitora movimentos imperceptíveis da cabeça que acompanham o fluxo de sangue causado pelas contrações do coração.

Em testes, o algoritmo forneceu medições de pulso que eram consistentes com alguns batimentos por minuto daqueles produzidos pelo eletrocardiograma (ECG). Ele também foi capaz de fornecer estimativas úteis dos intervalos de tempo entre as batidas, uma medida que pode ser usada para identificar pacientes em risco de eventos cardíacos.

Segundo os pesquisadores, um sistema de pulso de medição baseado em vídeo pode ser útil para monitorar recém-nascidos e idosos, cuja pele sensível pode ser danificada pela utilização frequente e remoção do ECG.

No entanto, o pesquisador John Guttag e seus colegas afirmam que, do ponto de vista médico, a utilidade a longo prazo vai ser em aplicações além de apenas medição de pulso.

Guttag afirma que a técnica pode, em princípio, medir o débito cardíaco, ou o volume de sangue bombeado pelo coração, que é utilizado para o diagnóstico de vários tipos de doenças cardíacas.

Como funciona

O algoritmo funciona através da combinação de várias técnicas comuns no campo de visão por computador. Primeiro, ele usa o reconhecimento facial padrão para distinguir a cabeça do participante do resto da imagem.

Em seguida, ele seleciona aleatoriamente 500 a 1.000 pontos distintos, agrupados em torno da boca e do nariz dos sujeitos, cujo movimento é acompanhado de quadro a quadro.

Em seguida, ele filtra os movimentos quadro a quadro, cuja frequência temporal destoa da faixa de batimentos cardíacos normais, cerca de 0,5 a 5 hertz, ou 30 a 300 ciclos por minuto. Isso elimina os movimentos que se repetem com uma frequência menor, como os causados pela respiração regular e mudanças graduais na postura.

Finalmente, utilizando uma técnica chamada análise de componentes principais, o algoritmo decompõe o sinal resultante em vários sinais constitutivos, que representam os aspectos dos movimentos restantes que não parecem estar correlacionados uns com os outros. Destes sinais, ele seleciona os que parecem ser os mais regulares e que se encaixam nas frequências típicas do pulso humano.

"Ainda é, até certo ponto, uma questão em aberto entender exatamente como algumas das funções biológicas básicas - que incluem bombeamento de sangue e a oxigenação e desoxigenação da hemoglobina e assim por diante - são traduzidas em sinais mensuráveis. Então eu acredito que ainda existem oportunidades interessantes na área médica para continuar a explorar o que as diferentes alterações no sinal de vídeo significam e como elas se relacionam com a função biológica subjacente", conclui o pesquisador Stephen Lewin-Berlin.

gb2289
Algoritmo mede frequência cardíaca por meio dos movimentos da cabeça

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Algoritmo    Frequência cardíaca    Massachusetts Institute of Technology    John Guttag   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.