Saúde Pública
publicado em 09/06/2013 às 15h36:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Cesar Brustonlin/SMCS
Abertura da Campanha de Vacinação contra Poliomielite. No bairro Boca Maldita, em Curitiba, o Prefeito Gustavo Fruet e o Secretário de Saúde, Adriano Massuda
  « Anterior
Próxima »  
Abertura da Campanha de Vacinação contra Poliomielite. No bairro Boca Maldita, em Curitiba, o Prefeito Gustavo Fruet e o Secretário de Saúde, Adriano Massuda

No primeiro dia da vacinação, Curitiba atingiu contra a poliomielite 66,8% da meta estipulada para a campanha. Balanço da Secretaria Municipal da Saúde mostra que foram vacinadas no sábado 65.504 crianças, de um total de 98 mil crianças com idade entre seis meses e cinco anos que formam o público-alvo da campanha.

Curitiba tem uma população de 103.306 crianças dessa faixa etária. As 98 mil representam 95% desse público, que é a meta fixada pelo Ministério da Saúde para a campanha.

O secretário municipal de Saúde, Adriano Massuda, avaliou o resultado como excelente e lembrou que as famílias que ainda não levaram os filhos para imunizar devem procurar uma unidade de saúde até o dia 21. Segundo Massuda, o bom alcance da campanha já no primeiro dia está relacionado à distribuição de postos de vacinação por toda a cidade. Durante o Dia D de mobilização, no sábado, a secretaria montou 156 postos de vacinação em todas as regiões da cidade. Além das unidades de saúde, a vacina estava disponível em praças, supermercados e shopping centers, entre outros locais.

Zé Gotinha

Na barraca montada na Boca Maldita, um dos pontos de maior fluxo de pessoas, as crianças que foram receber a dose tiveram a companhia do Zé Gotinha e ainda de palhaços do MedClown - grupo de acadêmicos de Medicina da Universidade Positivo que trabalham estimulando a humanização no atendimento às crianças internadas em hospitais.

O prefeito Gustavo Fruet, que acompanhou a vacinação na Boca Maldita, disse que a distribuição da vacina em muitos locais é importante para garantir o alcance da meta de vacinação no menor prazo possível. " Precisamos reafirmar este compromisso para não corrermos o risco de aparecerem novos casos de pólio" , enfatizou.

" Tradicionalmente Curitiba consegue bons índices de cobertura vacinal, mas para isso precisamos garantir que as pessoas possam receber a vacina perto de suas casas" , disse o secretário Adriano Massuda. Ele lembrou que a campanha de vacinação também é uma oportunidade para os pais atualizarem todo o calendário de vacina dos filhos.

Em todo o Paraná, segundo balanço parcial da Secretaria de Saúde do Estado, foram aplicadas mais de 253 mil doses, o equivalente a 40% da meta total da campanha.

Com informações da Secretaria Municipal de saúde de Curitiba

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dia D    Dia D em Curitiba    Curitiba atinge 66    8% da meta    Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite    Adriano Massuda   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.