Saúde Pública
publicado em 03/06/2013 às 19h43:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

O Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab) não conseguiu atrair nenhum médico para 55% dos municípios que fizeram solicitações. Dos 2.867 municípios que pediram profissionais 1.581 municípios não receberam nenhum profissional. Apenas 29% da demanda nacional de 13 mil médicos foi atendida: 3.800 participantes foram para 1.307 municípios brasileiros.

O balanço completo do programa, apresentado pelo diretor de programas da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Felipe Proenço, nesta segunda-feira (3), em Salvador, mostrou que das 1.091 cidades nordestinas que solicitaram médicos pelo programa, 457 não receberam sequer um profissional. Com isso, apenas 36% da demanda por médicos na região foi atendida. Dos 6.129 médicos solicitados, 2.18 4 médicos foram para 634 cidades. Eles estão alocados em Unidades Básicas de Saúde (UBS) das periferias, do interior e de áreas remotas.

O Nordeste foi a única região do país onde a maioria dos municípios que solicitaram médicos recebeu pelo menos um profissional. Nas demais regiões, a maior parte dos municípios não conseguiu atrair sequer um profissional. No Norte, 66% dos municípios que pediram médicos pelo Provab não atraíram sequer um. Dos 245 municípios que solicitaram médicos, 168 não conseguiram nenhum. No Centro-Oeste, 64% dos municípios não atraíram sequer um médico pelo Provab. Dos 256 que pediram, 163 não receberam nenhum. No Sudeste, 54% dos municípios não conseguiram atrair sequer um médico: dos 747 municípios que pediram, 399 não recebeu nenhum. No Sul, 74% dos municípios não conseguiram atrair sequer um médico. Dos 567 que pediram, 418 não recebeu nenhum.

"Mesmo com o crescimento do Provab (aumentamos em 10 vezes o número de médicos na comparação com 2012), a gente ainda precisa responder à necessidade apresentadas pelos municípios. O aporte de estrangeiros é uma saída para esta questão. Temos várias experiências mundiais que apontam para esse sentido, não podemos fechar os olhos para profissionais com formação de qualidade, reconhecida no seu país, e que, a curto prazo, poderiam contribuir para o acesso na saúde no Brasil" , disse Proenço.

Nordeste foi o mais atendido

O Nordeste é a região com maior carência de profissionais do Brasil e também a que contou com o maior número de médicos e de municípios participantes. Na Bahia, 49% dos municípios não atraíram sequer um médico pelo Provab: dos 305 que pediram médicos, 156 não receberam nenhum. O estado só teve 24% da demanda por médicos atendida. Dos 1.942 médicos solicitados pelos municípios, 468 foram para 149 cidades. Foi o segundo estado do Nordeste que alcançou o maior número de médicos por meio do Provab, atrás apenas do Ceará. Em Alagoas, 49% dos municípios também não conseguiram atrair sequer um médico: dos 54 que solicitaram, 26 não receberam. Os municípios do estado tiveram 31% da demanda por médicos atendida: solicitaram 250 médicos e atraíram 78 para 28 municípios. Em Pernambuco, 27% dos municípios não atraíram sequer um médico: dos 127 que pediram, 37 não receberam. O estado teve 33% da demanda por médicos atendida: solicitou 916 médicos e recebeu 311 em 90 cidades. Já em Sergipe, 35% dos municípios não atraiu sequer um médico: dos 40 municípios que pediram, 15 não receberam. O estado teve 44% da demanda atendida: solicitou 136 médicos e recebeu 61 em 25 municípios.

O Ceará alcançou o maior número de médicos por meio do Provab no Nordeste. Com 64% da demanda por médicos foi atendida, dos 1.061 profissionais solicitados, 685 foram contratados para trabalhar em 140 municípios. Dos 1.061 profissionais solicitados E apenas 14% dos municípios cearenses que haviam solicitado médicos pelo Provab não conseguiram atrair nenhum. Dos 163 cidades solicitaram profissionais, apenas 23 não receberam sequer um. O Maranhão é o estado nordestino na pior situação: apenas 18% da demanda por médicos foi atendida. Dos 796 profissionais solicitados pelos municípios maranhenses, 147 foram para 44 municípios. E 61% dos municípios que haviam solicitado médicos pelo Provab não conseguiram atrair nenhum: das 113 cidades que solicitaram profissionais, 69 não receberam sequer um. No Rio Grande do Norte o cenário também é precário: 61% dos municípios cearenses que haviam solicitado médicos pelo Provab não conseguiram atrair nenhum. Das 81 cidades que solicitaram profissionais, 50 não receberam sequer um. E apenas 41% da demanda por médicos foi atendida: dos 329 profissionais solicitados, 135 foram para 46 municípios.

Na Paraíba, 50% da demanda por médicos foi atendida. Dos 370 profissionais solicitados, 184 foram para 63 municípios. E 42% dos municípios paraibanos que haviam solicitado médicos pelo Provab não conseguiram atrair nenhum. Das 109 cidades que solicitaram profissionais, 46 não receberam sequer um. Também no Piauí apenas dos municípios que solicitaram médicos foi atendido. Das 99 cidades que pediram profissionais, 50 não receberam nenhum. E 34% da demanda por médicos foi atendida: dos 329 profissionais solicitados pelo estado, 115 foram para 49 municípios.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:     
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.