Ciência e Tecnologia
publicado em 03/06/2013 às 10h38:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Karolinska Institutet
Imagem: Björn Högberg
Björn Högberg com Cosimo Ducani no laboratório Ilustração na revista Nature Methods
  « Anterior
Próxima »  
Björn Högberg com Cosimo Ducani no laboratório
Ilustração na revista Nature Methods

Cientistas do Karolinska Institutet, na Suécia, desenvolveram um novo método de fabricação de moléculas de DNA de cadeia curta e simples em massa que pode resolver muitos dos problemas associados às técnicas de produção atuais.

A abordagem pode ajudar a melhorar a nanotecnologia de DNA e o desenvolvimento de medicamentos baseados em fragmentos de DNA.

Os resultados foram descritos na revista Nature Methods.

A nova técnica para a fabricação de moléculas de DNA curtas e simples, ou oligonucleotídeos, foi desenvolvida por pesquisadores na Suécia e da Universidade de Harvard, nos EUA.

Tais fragmentos de DNA constituem uma ferramenta básica para pesquisadores e desempenham um papel fundamental em muitos campos da ciência. Muitos dos recentes avanços na pesquisa e desenvolvimento biológico e genético, tais como a capacidade de analisar rapidamente o genoma de um organismo, não teriam sido possíveis sem oligonucleotídeos.

O novo método é versátil e capaz de resolver os problemas que atualmente limitam a produção de fragmentos de DNA.

"Temos utilizados métodos de produção enzimática para criar um sistema que não só melhora a qualidade dos oligonucleotídeos manufaturados, mas também faz com que seja possível aumentar a produção por meio de bactérias, a fim de produzir grandes quantidades de cópias de DNA barata", explica o pesquisador Björn Högberg.

O processo de bioprodução, pelo qual bactérias são usadas para copiar sequências de DNA, permite a fabricação de grandes quantidades de cópias de DNA a um custo baixo.

Ao contrário dos métodos correntes de síntese de oligonucleotídeos, nos quais o número de erros aumenta com o comprimento da sequência, este novo método, segundo os pesquisadores, também funciona bem para oligonucleotídeos longos com várias centenas de bases.

As moléculas de DNA são primeiro formadas como um fio longo de DNA de cadeia simples em que a sequência de interesse é repetida várias vezes. A cadeia longa forma minúsculas regiões chamadas grampos, onde o fio se dobra sobre si mesmo. Estes grampos podem então ser cortados por enzimas, que servem como um par de tesouras biológica-molecular que corta o DNA em locais selecionados. Vários oligonucleotídeos diferentes podem, assim, ser produzidos ao mesmo tempo, em uma combinação perfeitamente equilibrada, o que é importante se eles forem ser cristalizados ou utilizados terapeuticamente.

"As drogas à base de oligonucleotídeos já estão disponíveis, e é muito possível que o nosso método possa ser usado para produzir versões mais puras e mais baratas desses medicamentos", conclui Högberg.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   DNA    Moléculas de DNA    Oligonucleotídeos    Karolinska Institutet    Björn Högberg   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
DNA    Moléculas de DNA    Oligonucleotídeos    Karolinska Institutet    Björn Högberg   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.