Saúde Pública
publicado em 01/06/2013 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

Programa localiza pacientes HIV-positivos que interromperam tratamento nos EUA

 
tamanho da letra
A-
A+

Autoridades de saúde pública de Nova York lançaram um programa capaz de localizar, com sucesso, pacientes HIV-positivos que foram ' perdidos' durante o acompanhamento.

Esforço intensivo leva a maioria dos pacientes a reiniciar o tratamento, de acordo com pesquisadores.

Os resultados da pesquisa, liderada por Chi-Chi N. Udeagu e seus colegas do New York City Department of Health and Mental Hygiene, sugerem que os esforços para reiniciar a terapia antirretroviral são especialmente importantes com a atual ênfase em "tratamento como prevenção" para o HIV.

O trabalho foi publicado na revista AIDS.

O programa usou o registro de vigilância do HIV em Nova York para identificar os pacientes que tinham testado positivo para o vírus, mas não tinham suas informações atualizadas sobre os resultados dos testes laboratoriais de rotina.

Os trabalhadores de saúde pública fizeram, então, esforços intensivos, como telefonemas, e-mail, visitas domiciliares e pesquisas na internet para entrar em contato com este grupo de pacientes "perdidos".

Uma vez localizado, os doentes receberam ajuda para voltar a se envolver no tratamento e reiniciar a terapia antirretroviral. Eles também foram alvo de esforços para identificar parceiros sexuais que possam estar em risco de HIV.

Os trabalhadores foram capazes de localizar 689 de 797 pacientes perdidos durante o acompanhamento. Cinco por cento dos pacientes localizados haviam se mudado ou estavam presos, enquanto 2% tinham morrido.

Isso deixou um total de 409 pacientes que foram localizados e que não estavam com dados sobre HIV atualizados. Uma vez localizados, 77% destes pacientes aceitaram uma consulta em uma clínica de HIV e 57% retornaram ao tratamento.

No geral, o programa foi bem sucedido na identificação de cerca de metade da lista inicial de pacientes ' perdidos' e, em reincluir a maioria deles em serviços de tratamento.

Quando os pacientes foram questionados por que pararam de frequentar o tratamento de HIV, cerca de 40% disseram que se sentiam bem e não achavam que precisavam de tratamento. Outras razões incluíram responsabilidades do dia-a-dia, falta de confiança em profissionais de saúde, efeitos colaterais de medicamentos para o HIV, depressão e não querer pensar em ser HIV-positivo.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Programa localiza pacientes HIV-positivos que interromperam tratamento nos EUA
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Programa localiza pacientes HIV-positivos que interromperam tratamento nos EUA


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
HIV    Aids    Terapia antirretroviral    Pacientes HIV-positivos    New York City Department of Health and Mental Hygiene    Chi-Chi N. Udeagu   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.