Geral
publicado em 28/05/2013 às 19h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A insuficiência cardíaca acelera o processo de envelhecimento e os sintomas da síndrome da andropausa (AS), de acordo com pesquisa apresentada pela European Society of Cardiology.

Os resultados demonstraram que a síndrome, também conhecida como 'menopausa' masculina, foi quatro vezes mais comum em homens com o problema cardíaco.

O estudo foi apresentado no Heart Failure Congress 2013.

Conforme os homens envelhecem eles são mais propensos a sofrer de síndrome de andropausa. Homens com andropausa têm menores níveis de hormônios anabólicos, incluindo testosterona, e tem sido sugerido que estas deficiências hormonais são o que causam os sintomas clínicos.

Os sintomas da andropausa podem ser divididos em três categorias: sexual (disfunção erétil, problemas de libido), psicológicos (sentir-se desanimado, deprimido, irritabilidade, ansiedade, nervosismo) e somato-vegetativos (queixas articulares e musculares, sudorese, necessidade de mais sono, distúrbios do sono, fraqueza, cansaço).

A insuficiência cardíaca aumenta com a idade. Deficiências de hormônios anabólicos são comuns em homens com insuficiência cardíaca sistólica, levando a capacidade de exercício reduzida, depressão e mau prognóstico.

No entanto, até agora, o impacto da insuficiência cardíaca sobre a prevalência de andropausa e a gravidade dos sintomas da condição não havia sido estudado.

"A andropausa leva à má qualidade de vida. Queríamos descobrir se insuficiência cardíaca aumenta o risco de andropausa e se as terapias de reposição hormonal pode melhorar a qualidade de vida em pacientes com a doença cardíaca", afirma a pesquisadora Ewa A. Jankowska.

Para o estudo os investigadores compararam a prevalência de andropausa e a gravidade dos sintomas da condição entre 232 homens com insuficiência cardíaca sistólica entre 40 e 80 anos de idade e 362 pares saudáveis associados por.

Os resultados mostraram que a andropausa precoce afetou quase um terço dos homens com insuficiência cardíaca, independentemente da sua faixa etária. Em homens com idades compreendidas entre 40 e 59 anos, insuficiência cardíaca levou a um aumento de quatro vezes na prevalência de andropausa e um aumento na gravidade dos sintomas sexuais e somato-vegetativos da condição.

Os autores concluíram que a insuficiência cardíaca acelera o processo natural de envelhecimento e favorece o aparecimento da andropausa. "A insuficiência cardíaca leva a deficiências hormonais anabolizantes em uma idade relativamente jovem e, assim, acelera o envelhecimento masculino", afirma Jankowska.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Menopausa masculina    Andropausa    Insuficiência cardíaca    European Society of Cardiology    Ewa A. Jankowska   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.