Geral
publicado em 28/05/2013 às 09h46:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores do Brigham and Women's Hospital, nos EUA, descobriram um polímero de açúcar que é comum na superfície da célula de diversos vírus e bactérias.

A molécula comum é um alvo promissor para o desenvolvimento de uma vacina única capaz de proteger contra numerosos micróbios letais.

O estudo foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Os investigadores relatam que o açúcar, conhecido como PNAG é produzido por mais bactérias, fungos e outros microrganismos do que se pensava anteriormente. Segundo os pesquisadores, os anticorpos produzidos naturalmente por seres humanos e animais não oferecem proteção completa contra os micróbios que expressam PNAG em sua superfície celular, porque os anticorpos naturais não matam direito estes micróbios.

Dado isto, os investigadores criaram anticorpos não derivados de humanos induzidos pela vacina que respondem a uma forma sintética de PNAG, e estes anticorpos tinham as propriedades necessárias para matar micróbios.

Os pesquisadores também testaram um anticorpo de origem humana, que foi capaz de se ligar a ambas as formas naturais e sintéticas de PNAG e também podia matar micróbios que produzem PNAG.

Quando os pesquisadores injetaram ratos com estes anticorpos, eles observaram proteção contra infecções locais e sistêmicas causadas por vários patógenos não relacionados, tais como Streptococcus pyogenes, causa da inflamação de garganta; Streptococcus pneumoniae, causa de pneumonias mortais em jovens e idosos; Listeria monocytogenes, causa de intoxicação alimentar potencialmente fatal; Neisseria meningitidis do sorogrupo B, causa grave de meningite, Candida albicans, infecção fúngica; e, mais surpreendentemente, uma cepa muito potente causadora da malária em camundongos.

Os pesquisadores também descobriram o polímero PNAG na superfície dos micróbios que provocam a gonorreia, tricomoníase, infecções gastrointestinais graves e febre tifoide. Além disso, eles detectaram PNAG na superfície de bactérias que causam infecções como otite média e tuberculose, um achado importante, pois é fundamental que PNAG seja produzido durante a infecção para que os anticorpos façam seu trabalho de matar e eliminar agentes infecciosos.

"A possibilidade de utilizar um agente para atingir tantos organismos diferentes, incluindo gonorreia, tuberculose e malária é muito emocionante e sem precedentes até agora na área de doenças infecciosas. Entretanto, se a vacina vai ou não funcionar para qualquer um desses organismos, apenas será conhecido uma vez que as vacinas e anticorpos forem testados em seres humanos", afirma o autor sênior da pesquisa Gerald Pier.

A imunoterapia passiva com base em PNAG com um anticorpo monoclonal totalmente humano foi testada com sucesso em ensaios clínicos para a segurança e farmacocinética em voluntários humanos, sem efeitos adversos significativos relatados.

Futuros testes serão conduzidos para avaliar a segurança, eficácia e dosagem. A vacina baseada em PNAG que pode ser injetada em seres humanos também está sendo produzida com uma expectativa de começar os testes clínicos em humanos em 2014.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Vacina    Imunoterapia    Molécula de açúcar    Brigham and Women's Hospital    Gerald Pier   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Vacina    imunoterapia    molécula de açúcar    Brigham and Women's Hospital    Gerald Pier   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.