Ciência e Tecnologia
publicado em 16/05/2013 às 09h40:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Imagem: OHSU
Imagem: OHSU
Óvulo doador antes da extração nuclear Extração no núcleo da célula
  « Anterior
Próxima »  
Óvulo doador antes da extração nuclear
Extração no núcleo da célula

Cientistas da Oregon Health & Science University, nos EUA, reprogramaram com êxito células da pele humana para se tornarem células-tronco embrionárias, capazes de se transformar em qualquer outro tipo de célula no corpo, utilizando uma adaptação da técnica de clonagem usada na criação da ovelha Dolly.

O método, chamado de transferência nuclear de células somáticas, ou TNCS, consiste em transplantar o núcleo de uma célula, que contém o DNA de um indivíduo, em uma célula de ovo que teve seu material genético retirado. O óvulo não fertilizado, então, desenvolve e eventualmente produz células-tronco.

Cientistas esperam usar essas células para tratar pacientes com doenças cardíacas, mal de Parkinson e lesões da medula.

"A análise aprofundada das células-tronco derivadas desta técnica demonstraram a sua capacidade de converter como células-tronco embrionárias normais em vários tipos diferentes de células, incluindo as células nervosas, hepáticas e cardíacas. Além disso, como estas células podem ser geradas com o material genético nuclear a partir de um paciente, não existe uma preocupação da rejeição de transplante. Embora haja muito trabalho a ser feito no desenvolvimento de tratamentos com células-tronco seguras e eficazes, acreditamos que este é um passo significativo no desenvolvimento das células que poderiam ser usadas na medicina regenerativa", afirma o líder da pesquisa Shoukhrat Mitalipov.

Outro aspecto notável deste estudo é que ele não envolve o uso de embriões fertilizados, um tema que tem sido a fonte de um debate ético significativo.

O sucesso da equipe de Mitalipov na reprogramação de células da pele humana veio através de uma série de estudos em células humanas e de macaco. Tentativas anteriores frustradas por diversos laboratórios mostraram que os óvulos humanos parecem ser mais frágeis do que os ovos de outras espécies. Portanto, os métodos conhecidos de reprogramação pararam antes das células estaminais serem produzidas.

Para resolver este problema, a equipe estudou várias abordagens alternativas, desenvolvidas em células de macaco e, em seguida, aplicadas a células humanas. Através desses estudos, eles foram capazes de desenvolver um método de sucesso.

A chave para esse sucesso foi encontrar uma maneira de induzir os óvulos a ficarem em um estado chamado de "metafase" durante o processo de transferência nuclear. Metafase é uma fase em processo de divisão natural da célula (meiose) quando o material genético se alinha no meio da célula, antes que a célula se divida. A equipe de pesquisa descobriu que manter metafase durante todo o processo de transferência impediu o processo de estagnação e permitiu que as células desenvolvessem e produzissem células-tronco.

"Este é um feito notável que vai alimentar o desenvolvimento de terapias com células-tronco para combater várias doenças e condições para as quais não há atualmente nenhum tratamento ou cura. A conquista também destaca experiência reprodutiva profunda de OHSU em nossos campi", afirma o pesquisador Dan Dorsa.

Os pesquisadores destacam, no entanto, que enquanto o método pode ser considerado uma técnica de clonagem de células estaminais, vulgarmente chamada clonagem terapêutica, o mesmo método provavelmente não seria bem sucedido na produção de clones humanos de outro modo conhecidos como clonagem reprodutiva.

"Nossa pesquisa está voltada para a geração de células-tronco para uso em futuros tratamentos para combater doenças. Apesar de avanços na transferência nuclear muitas vezes levarem a uma discussão pública sobre a ética da clonagem humana, esse não é o nosso foco, nem nós acreditamos que nossos resultados podem ser usados por outras pessoas para avançar a possibilidade da clonagem reprodutiva humana", conclui Mitalipov.

Os resultados foram publicados na revista Cell.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Clonagem de células humanas    células tronco    ovelha Dolly    Oregon Health & Science University    Shoukhrat Mitalipov   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.