Geral
publicado em 15/05/2013 às 10h50:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Suplementos de óleo de peixe podem minimizar os efeitos que as 'junk foods' têm sobre o cérebro
  « Anterior
Próxima »  
Suplementos de óleo de peixe podem minimizar os efeitos que as 'junk foods' têm sobre o cérebro

Cientistas da University of Liverpool, no Reino Unido, demonstraram que o consumo de óleo de peixe pode minimizar os efeitos que as ' junk foods' têm sobre o cérebro.

O estudo, realizado com base em dados de mais de 180 pesquisas anteriores, foi publicado no British Journal of Nutrition.

Trabalhos realizados durante os últimos 10 anos têm indicado que dietas ricas em gordura poderiam interromper a neurogênese, processo que gera novas células nervosas no cérebro, mas dietas ricas em ômega 3 podem prevenir estes efeitos negativos, estimulando a área do cérebro que controla a alimentação, aprendizagem e memória.

Os dados de 185 artigos de pesquisa revelaram, contudo, que os óleos de peixe não têm um impacto direto sobre este processo nestas áreas do cérebro, mas é provável que desempenhem um papel significativo em parar a capacidade dos açúcares refinados e das gorduras saturadas em inibir o controle do cérebro sobre a alimentação.

"O peso corporal é influenciado por vários fatores, e alguns dos mais importantes são os nutrientes que consumimos. A ingestão excessiva de alguns macronutrientes, como açúcares refinados e gorduras saturadas encontradas em junk foods, pode levar ao ganho de peso, perturbar o metabolismo e até mesmo afetar o processamento mental. Estas alterações podem ser vistas na estrutura do cérebro, incluindo na capacidade de gerar novas células nervosas. A pesquisa, no entanto, sugere que os óleos de peixe ômega-3 podem reverter ou mesmo prevenir estes efeitos", afirma a pesquisadora Lucy Pickavance.

A equipe investigou estudos anteriores sobre o assunto para determinar se há evidências que sugerem que o ômega-3 pode ajudar na perda de peso, estimulando processos cerebrais específicos.

Os resultados mostraram que, em dietas ricas em gordura, as moléculas que estimulam o crescimento do nervo são reduzidas, mas parece que, o ômega 3 restaura a função normal, interferindo com a produção destas moléculas inflamatórias.

"Os óleos de peixe não parecem ter um impacto direto sobre a perda de peso, mas eles podem frear os efeitos prejudiciais de alguns dos processos desencadeados por dietas ricas em gordura no cérebro. Eles parecem imitar os efeitos de dietas restritivas de caloria. Incluir mais suplementos de óleo de peixe em nossas dietas certamente poderia ser um passo positivo para aqueles que querem melhorar a saúde em geral", conclui Pickavance.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Óleo de peixe    ômega 3    Junk foods    University of Liverpool    Lucy Pickavance   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Óleo de peixe    ômega 3    junk foods    University of Liverpool    Lucy Pickavance   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.