Geral
publicado em 08/05/2013 às 11h40:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A exposição da pele à luz solar pode ajudar a reduzir a pressão arterial, reduzir o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, de acordo com estudo de pesquisadores da University of Edinburgh, no Reino Unido.

A pesquisa mostrou que quando a nossa pele é exposta aos raios do sol, um composto é liberado nos vasos sanguíneos que ajuda a baixar a pressão arterial.

Os resultados sugerem que a exposição à luz solar melhora a saúde geral, porque os benefícios da redução da pressão arterial superam em muito o risco de desenvolver câncer de pele.

A produção deste composto para redução da pressão, chamado óxido nítrico, é separada da fabricação de vitamina D pelo corpo, que aumenta após a exposição à luz do sol.

Até agora se pensava que apenas esse aumento no nível de vitamina D explicasse o benefício do sol para a saúde humana, de acordo com os cientistas.

Os pesquisadores estudaram a pressão arterial de 24 voluntários que se sentaram sob lâmpadas de bronzeamento por duas sessões de 20 minutos cada.

Em uma sessão, os voluntários foram expostos a ambos os raios ultravioletas (UV) e o calor das lâmpadas. No outro lado, os raios UV foram bloqueados de forma que apenas o calor das lâmpadas afetou a pele.

Os resultados mostraram que a pressão sanguínea diminuiu significativamente durante uma hora após a exposição a raios UV, mas não depois de somente sessões com exposição às lâmpadas.

Segundo os pesquisadores, isso mostra que são os raios UV do sol que causam benefícios na saúde. Os níveis de vitamina D dos voluntários permaneceram inalterados em ambas as sessões.

"Nós suspeitamos que os benefícios da luz do sol para a saúde do coração superam o risco de câncer de pele. O trabalho que fizemos fornece um mecanismo que pode explicar isso, e também explica por que os suplementos dietéticos de vitamina D por si só não serão capazes de compensar a falta de luz solar. Nós agora planejamos examinar os riscos relativos de doenças cardíacas e câncer de pele em pessoas que receberam diferentes quantidades de exposição ao sol. Se isso confirmar que a luz solar reduz a taxa de mortalidade por todas as causas, teremos de repensar o nosso conselho de exposição ao sol", afirma o pesquisador Richard Weller.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Raios ultravioletas    Pressão arterial    Raios UV    Luz do sol    University of Edinburgh    Richard Weller   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Raios ultravioletas    pressão arterial    raios UV    luz do sol    University of Edinburgh    Richard Weller   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.