Geral
publicado em 07/05/2013 às 19h16:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Clarice Castro/Secom RJ
Vacinação contra gripe no Mercadão de Madureira. Cobertura no Rio de Janeiro está em 62%
  « Anterior
Próxima »  
Vacinação contra gripe no Mercadão de Madureira. Cobertura no Rio de Janeiro está em 62%

Faltam três dias para o fim da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe e 150 mil pessoas foram aos postos de saúde nos últimos dias, aumentando a cobertura vacinal no estado do Rio de Janeiro para 62%. Mas ainda falta muito, pelo menos 1,1 milhão do público-alvo ainda precisa procurar os mais de 1.500 postos de saúde distribuídos pelo estado para se proteger da doença até próxima sexta-feira (10), último dia da campanha. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% do público formado por idosos com 60 anos ou mais, crianças de seis meses até 2 anos, gestantes, indígenas, trabalhadores da área da saúde e mulheres no período de até 45 dias após o parto.

As puérperas e os indígenas fazem parte dos únicos grupos que já superaram a meta de vacinar 80% de pessoas. Já as gestantes são as que menos se vacinaram no Rio de Janeiro, tendo apenas 55% de cobertura.

O público-alvo da região que abrange os municípios de Itaboraí, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá foi o que menos compareceu às unidades de saúde: 54,5% se imunizaram. Na outra ponta estão as cidades do Norte Fluminense, que estão mais próximas da meta, com 72,2% de proteção contra a gripe.

Pessoas alérgicas aos componentes da vacina, principalmente à proteína do ovo, e os portadores de doenças neurológicas em atividade, não devem ser imunizadas. Quem pode comer ovo frito, pão, bolo ou macarrão não possui essa alergia. Se já estiver gripado, apresentando estado febril ou sintomas de dengue, recomenda-se melhorar e só depois se vacinar.

A cada ano, mais de 150 milhões de pessoas são vacinadas contra gripe em todo o mundo. A imunização é a forma mais eficaz de prevenir a gripe e suas complicações, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Provocada pelo vírus Influenza, a doença ataca todos os anos entre 10 e 20% da população do planeta algo em torno de 600 milhões de pessoas. Se não for tratada, pode gerar complicações que provocam entre 250 mil e 500 mil mortes por ano e milhões de internações. As complicações mais comuns são pneumonia, infecção no ouvido (otite) e inflamação nos brônquios (bronquite). No ano passado, o Estado do Rio de Janeiro ultrapassou a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. Mas embora tenha atingido 83,7% de cobertura, entre os grupos de idosos e gestantes, a meta não foi alcançada.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe    influenza    H1N1    gripe suína    Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro    Ministério da Saúde    Organização Mundial da Saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.