Geral
publicado em 30/04/2013 às 11h57:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Body Scans
pesquisa sugere que um câncer de mama seria evitado para cada 42 mulheres que tomaram o medicamento
  « Anterior
Próxima »  
pesquisa sugere que um câncer de mama seria evitado para cada 42 mulheres que tomaram o medicamento

Medicamentos moduladores hormonais reduzem em 38% o aparecimento de câncer de mama em mulheres saudáveis com alto e médio risco de desenvolver a doença. É o que mostra estudo do Cancer Research UK.

A pesquisa sugere que um câncer de mama seria evitado para cada 42 mulheres que tomaram o medicamento por cinco anos e seguiram por mais cinco.

A equipe examinou os registros de mais de 83 mil mulheres para avaliar a eficácia de quatro medicamentos específicos - tamoxifeno, raloxifeno, arzoxifene e lasofoxifene. Estes são conhecidos como moduladores seletivos dos receptores de estrogênio (SERMs).

Segundo os pesquisadores, esta é a primeira análise de estudos clínicos envolvendo esses remédios, que evitam que o estrogênio faça as células da mama se multiplicarem no caso de tumores de mama hormonais.

As drogas podem ser indicadas se uma mulher, mesmo saudável, tiver histórico da doença na família, lesões precursoras do câncer e/ou mutações genéticas que aumentam a chance de desenvolver a condição.

Os autores afirmam que já se sabia que esses remédios reduzem o risco de câncer de mama, no entanto, a duração do efeito protetor das drogas era desconhecida. O novo trabalho confirma o benefício por pelo menos cinco anos depois do fim do tratamento.

O tamoxifeno é usado para tratar o câncer de mama receptor de estrogênio positivo (ER positivo). Os outros SERMs são usados para tratar a osteoporose. O receptor de estrogênio é a parte da célula de câncer de mama que estimula a célula a se multiplicar. SERMs bloqueiam este receptor, impedindo que o estrogênio faça com que as células cresçam.

Os primeiros cinco anos, quando as mulheres estavam tomando o medicamento, apresentaram a maior queda na incidência, com 376 casos de câncer de mama contra 594 entre aquelas que não estavam tomando SERM, queda de 42%.

O benefício foi observado até cinco anos após as mulheres pararem de tomar a droga: 211 casos de câncer de mama em mulheres que tinham tomado SERM em comparação com 258 naquelas que não tinham. Queda de 25%.

Não houve nenhum efeito sobre a mortalidade por câncer de mama.

Efeitos colaterais

Os pesquisadores também examinaram a frequência de efeitos colaterais das drogas. Todas as quatro drogas aumentaram significativamente o risco de formação de coágulos sanguíneos, tais como trombose venosa profunda. Apenas tamoxifeno apresentou aumento no câncer de endométrio. O aumento de casos caiu depois que as mulheres pararam de tomar a droga.

A droga também levou a uma redução do risco de fraturas. Nenhum efeito foi observado para o câncer de mama ER-negativo, mas a redução de câncer de mama ER-positivo foi de 51%.

O estudo foi publicado na revista The Lancet.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Moduladores hormonais    Câncer de mama    SERMs    Tamoxifeno    Cancer Research UK   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
moduladores hormonais    câncer de mama    SERMs    Tamoxifeno    Cancer Research UK   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.