Ciência e Tecnologia
publicado em 28/04/2013 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: University of Alabama Huntsville
Dr. Krishnan Chittur (a esq.) com Paula Koelle durante o processo de pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Dr. Krishnan Chittur (a esq.) com Paula Koelle durante o processo de pesquisa

Cientistas da Universidade do Alabama, nos EUA, em parceria com o professor de engenharia química Krishnan Chittur desenvolveram uma tecnologia que pode permitir aos médicos detectar a presença de bactérias e vírus em uma amostra em menos de uma hora.

O produto envolve sondas de DNA únicas que "capturam" uma marca genética rapidamente e, portanto, podem ser usadas para identificar a presença de um dos muitos agentes patogénicos específicos em uma amostra, quer seja humana, de plantas, alimentos ou animal.

"Uma coisa é dizer que você pode fazê-lo e mostrá-lo no laboratório, mas é outra coisa para desenvolvê-lo para a fabricação e uso de terceiros. Estamos tentando tornar o dispositivo genérico o bastante para que ele possa ser utilizado em uma variedade de ensaios clínicos e tenha aplicações em investigações", afirma Chittur.

Até agora, o dispositivo detectou com sucesso 16 diferentes patógenos, incluindo bactérias E. coli, o vírus da síndrome respiratória aguda sintética (SARS), as bactérias da doença de Lyme e as bactérias Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA).

"Nosso trabalho é detectar qual bactéria ou vírus está causando a infecção", observa Chittur.

Ao contrário do que os testes tradicionais que requerem cultura de células ou aqueles que olham para anticorpos ou outros agentes reativos criadas pelo corpo em resposta à doença, o novo dispositivo utiliza sondas de DNA concebidas para se ligarem especificamente ao DNA de um patógeno alvo. É uma prova direta da presença do agente causador, ao invés de evidência indireta. Uma vez que uma sonda se liga ao patógeno, a sonda fica fluorescente, facilmente identificando os culpados.

As aplicações potenciais para um teste rápido de patógenos ultrapassa a fronteira do consultório médico e pode incluir triagem hospitalar, medicina veterinária, análise de alimentos e avaliação ambiental.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Sondas de DNA    Bactérias    Marca genética    Krishnan Chittur    Universidade do Alabama   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Sondas de DNA    bactérias    marca genética    Krishnan Chittur    Universidade do Alabama   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.