Geral
publicado em 23/04/2013 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Marcello Casal Jr./ABr
Estudo sugere que mulheres que dão à luz muito cedo têm mais chance de ter excesso de peso ou obesidade
  « Anterior
Próxima »  
Estudo sugere que mulheres que dão à luz muito cedo têm mais chance de ter excesso de peso ou obesidade

Gravidez na adolescência torna mulheres mais propensas a se tornarem obesas, de acordo com estudo de pesquisadores da Universidade de Michigan, nos EUA.

A pesquisa sugere que mulheres que dão à luz muito cedo na vida têm mais chance de ter excesso de peso ou obesidade mais tarde na vida do que mulheres que não foram mães adolescentes.

O estudo, o primeiro a identificar a gravidez na adolescência como um preditor de obesidade, aparece na revista American Journal of Obstetrics & Gynecology.

"Ao cuidar de mães adolescentes, muitas vezes temos muitas preocupações imediatas, creche, habitação, escola, apoio social e financeiro, que não costumamos pensar os efeitos da gravidez na adolescência na saúde a longo prazo. Pela primeira vez, nós identificamos nossas mães mais jovens como um grupo de alto risco para a obesidade, que sabemos ser um dos problemas de saúde mais debilitantes a longo prazo", afirma a principal autora Tammy Chang.

O estudo foi baseado em dados do National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES), pesquisa nacional projetada para avaliar a saúde e o estado nutricional de adultos e crianças nos Estados Unidos.

Depois de controlar fatores como raça, educação e indicadores socioeconômicos, os pesquisadores descobriram que as mulheres que tinham dado à luz entre as idades de 13 e 19 anos tinham 32% maior risco de obesidade do que as mulheres que tinham dado à luz aos 20 anos ou mais tarde.

Os resultados também mostraram que um número significativamente menor de mulheres com parto na adolescência estava com peso normal em comparação com mulheres que não engravidaram nessa idade.

"Precisamos de mais estudos para entender melhor a relação entre a gravidez na adolescência e a obesidade, para que os médicos e os formuladores de políticas possam proporcionar o melhor atendimento a mães adolescentes e mulheres que deram à luz na adolescência", conclui Chang.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Gravidez na adolescência    Obesidade    Excesso de peso    Universidade de Michigan    Tammy Chang   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Gravidez na adolescência    obesidade    excesso de peso    Universidade de Michigan    Tammy Chang   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.