Geral
publicado em 19/04/2013 às 17h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Tatiana Morozova/Stock Photo
Pessoas que passam muito tempo rodeadas por indivíduos pessimistas podem estar mais propensas à depressão
  « Anterior
Próxima »  
Pessoas que passam muito tempo rodeadas por indivíduos pessimistas podem estar mais propensas à depressão

A depressão e as emoções associadas a essa doença podem ser contagiosas, de acordo com estudo de pesquisadores da University of Notre Dame, nos EUA.

A pesquisa sugere que estudantes que passam muito tempo rodeados por pessoas pessimistas podem estar mais propensos à depressão seis meses mais tarde.

Estudos mostram que pessoas que respondem negativamente a eventos estressantes da vida, interpretando os eventos como resultados de fatores que não podem mudar e como um reflexo de sua própria deficiência, são mais vulneráveis à depressão.

Segundo os pesquisadores Gerald Haeffel e Jennifer Hames, esta "vulnerabilidade cognitiva" é um potente fator de risco para a depressão que pode ser usado para prever quais indivíduos são propensos a experimentar um episódio depressivo no futuro, mesmo aqueles que nunca tiveram um episódio depressivo antes.

As diferenças individuais nesta ' vulnerabilidade cognitiva' parece se solidificar no início da adolescência e permanecem estáveis durante a vida adulta, mas os pesquisadores notaram que elas ainda podem ser maleáveis em determinadas circunstâncias.

Eles supuseram que a vulnerabilidade cognitiva pode ser "contagiosa" durante grandes transições da vida, quando os ambientes sociais estão em fluxo.

A equipe testou a hipótese usando dados de 103 pares de companheiros de quarto que tinham acabado de começar a faculdade como calouros.

Um mês após entrarem no campus, os companheiros de quarto responderam a um questionário online, que incluiu medidas de vulnerabilidade cognitiva e sintomas depressivos. Eles completaram as mesmas medidas novamente 3 e 6 meses mais tarde e também completaram um questionário sobre eventos estressantes na vida em dois momentos.

Os resultados revelaram que os calouros que foram aleatoriamente designados para um colega de quarto com altos níveis de vulnerabilidade cognitiva eram susceptíveis de "pegar" o estilo cognitivo de seu colega de quarto e desenvolver níveis mais elevados de vulnerabilidade cognitiva. Já aqueles relacionados a colegas que tinham baixos níveis iniciais de vulnerabilidade cognitiva experimentaram redução nos seus próprios níveis.

O efeito de ' contágio' foi evidente em ambos os 3 e 6 meses de avaliação.

Segundo os pesquisadores, as mudanças no risco de vulnerabilidade cognitiva afetaram o risco de sintomas depressivos futuros. Os alunos que mostraram um aumento na vulnerabilidade cognitiva nos primeiros 3 meses de faculdade tinham quase o dobro do nível de sintomas depressivos aos 6 meses do que aqueles que não apresentaram esse aumento.

Os resultados fornecem evidência marcante para o efeito de contágio, confirmando a hipótese inicial dos pesquisadores.

Com base nestes resultados, Haeffel e Hames sugerem que o efeito de contágio pode ser aproveitado para ajudar a tratar os sintomas da depressão. "Nossas descobertas sugerem que pode ser possível usar o ambiente social de um indivíduo como parte do processo de intervenção, seja como um complemento às intervenções cognitivas existentes ou, eventualmente, como uma intervenção sozinha", concluem os autores.

Veja mais detalhes sobre esta pesquisa (em inglês).

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Depressão    depressão contagiosa    vulnerabilidade genética    pessimismo    University of Notre Dame    Gerald Haeffel   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.