Ciência e Tecnologia
publicado em 15/04/2013 às 11h31:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: National University of Singapore
Foto: National University of Singapore
Kerwin Kwek Zeming (a esq.) e Shashi Ranjan, envolvidos no estudo Chip microfluídico que é um pouco maior que uma moeda de 1 dólar de Cingapura
  « Anterior
Próxima »  
Kerwin Kwek Zeming (a esq.) e Shashi Ranjan, envolvidos no estudo
Chip microfluídico que é um pouco maior que uma moeda de 1 dólar de Cingapura

Equipe de pesquisadores da National University of Singapore desenvolveu um novo dispositivo microfluídico capaz de acelerar o diagnóstico de doenças.

O aparelho permite a separação eficiente e rápida de biopartículas, tais como bactérias patogênicas e células vermelhas do sangue infectadas com malária.

Biopartículas tais como bactérias e células vermelhas do sangue são não esféricas. Muitas são também deformáveis, por exemplo, as células do sangue podem mudar de forma quando afetadas por diferentes patógenos em nosso corpo. Assim, a técnica da equipe, sensível à forma é uma descoberta significativa. Atualmente, técnicas de separação são concebidas para partículas esféricas.

Embora a equipe tenha se concentrado principalmente na separação rápida e detecção de bactérias a partir de amostras patológicas, o dispositivo tem potencial como uma ferramenta de diagnóstico rápido também.

A nova técnica pode potencialmente substituir um velho método de detecção baseado na cultura bacteriana. "O velho método foi desenvolvido a cerca de 100 anos atrás, mas ele ainda está sendo usado hoje como a técnica convencional, pois nenhuma técnica nova está disponível para separação efetiva de bactérias a partir de amostras patológicas como sangue. Muitas das bactérias patogênicas são não esféricas, mas a maioria dos dispositivos microfluídicos é hoje para a separação de células esféricas. O nosso método utiliza uma matriz de coluna especial em forma de I, que é capaz de separar biopartículas não esféricas ou de forma irregular", explica o pesquisador Zhang Yong.

O método desenvolvido pode completar o processo de diagnóstico, em menos de uma hora, em comparação com 24 a 48 horas necessárias para a detecção de bactérias utilizando métodos convencionais.

O aparelho também é eficiente na separação de células vermelhas do sangue a partir de amostras de sangue, já que os glóbulos vermelhos são não esféricos. Isto permite a detecção rápida de biomarcadores de diagnóstico que se encontram na amostra de sangue.

O dispositivo também pode separar biopartículas com diversas formas e tamanhos. A equipe testou com sucesso em seu dispositivo em formas de bastonete, tais como Escherichia coli.

As conclusões da equipe foram publicadas na revista Nature Communications.

"Com nossos resultados atuais, esperamos avançar para separar outras biopartículas não esféricas como fungos, com maior rendimento e eficiência, evitando a dependência da dimensão esférica das técnicas atuais", conclui Yong.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dispositivo microfluídico    biopartículas    biomarcadores    National University of Singapore    Zhang Yong   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.