Geral
publicado em 09/04/2013 às 17h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Virginia Polytechnic Institute
Dr. Elankumaran Subbiah, envolvido na pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Dr. Elankumaran Subbiah, envolvido na pesquisa

Pesquisadores da Virginia Tech, nos EUA, identificaram um vírus capaz de matar células do câncer de próstata em humanos.

O estudo mostra que uma estirpe geneticamente modificada do vírus causador da Doença de Newcastle, que prejudica as galinhas, mas não os seres humanos, mata as células do câncer de próstata de todos os tipos, incluindo as resistentes ao tratamento com hormônios.

O trabalho foi publicado no Journal of Virology.

Cerca de um em cada seis homens desenvolverá câncer de próstata. Os pacientes normalmente recebem tratamentos hormonais ou quimioterapia, os quais têm efeitos secundários adversos.

A equipe acredita que novos tratamentos não só melhorem a luta contra o câncer de próstata, mas também diminuam os efeitos colaterais mais comuns associados com tratamentos hormonais e quimioterapia.

O vírus da Doença de Newcastle afeta espécies de aves domésticas e selvagens, especialmente galinhas, e é um dos vírus mais importantes economicamente para a indústria avícola. Embora possa causar sintomas leves como conjuntivite e gripe em seres humanos que tenham estado em contato próximo com aves infectadas, o vírus não representa uma ameaça para a saúde humana.

Os cientistas documentaram as propriedades anticancerígenas do vírus da doença de Newcastle em 1950, mas é apenas com os recentes avanços na tecnologia genética inversa em que se voltaram para o vírus como um possível tratamento.

"Nós modificamos o vírus, de modo que ele se replica apenas na presença de um antígeno ativo específico da próstata e, por conseguinte, é altamente específico para o câncer de próstata. Também testamos sua eficácia em um modelo de tumor in vitro. O vírus recombinante matou especificamente as células cancerosas da próstata, poupando as células humanas normais em laboratório", observa o líder da pesquisa Elankumaran Subbiah.

A equipe recebeu uma subvenção do National Institutes of Health para desenvolver uma estirpe do vírus da doença de Newcastle para diversos outros tipos de câncer, incluindo mama, pâncreas, cérebro e mieloma múltiplo.

"Este tratamento potencial está disponível para ensaios pré-clínicos e clínicos imediatos, mas estes não são normalmente feitos em nível de universidade. Estamos à procura de entidades comerciais que estão interessadas em licenciar a tecnologia para testes clínicos em humanos e tratamento. Vírus da doença de Newcastle ainda tem de ser testado como um tratamento para o câncer de próstata em pacientes", conclui Subbiah.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de próstata    vírus da Doença de Newcastle    vírus geneticamente modificado    Virginia Tech    Elankumaran Subbiah   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.