Saúde Pública
publicado em 04/04/2013 às 10h04:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Maurício Bazílio/SECOM RJ
Foto: Maurício Bazílio/SECOM RJ
Unidades de saúde municipais vão poder acessar online sistema da Secretaria de Estado de Saúde que ajuda a identificar corretamente casos da doença. Sérgio Côrtes, secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro
  « Anterior
Próxima »  
Unidades de saúde municipais vão poder acessar online sistema da Secretaria de Estado de Saúde que ajuda a identificar corretamente casos da doença.
Sérgio Côrtes, secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro

Prefeitos e secretários de Saúde da região metropolitana do Rio de Janeiro, que concentra os municípios mais atingidos pela dengue no estado, se reuniram nesta quarta-feira (3) para discutir melhorias nas ações de controle da doença, devido ao aumento dos casos de dengue desde o início do ano e a presença do vírus tipo 4.

Para o secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, a reunião teve dois objetivos: alertar sobre a grande possibilidade de epidemia nos municípios da Baixada Fluminense e do Grande Rio, especialmente São Gonçalo, e mobilizar os municípios para que elaborem planos de contingência em casos de internação.

"Devemos planejar onde serão internados os pacientes que porventura tenham dengue. Estamos pedindo que eles (prefeitos e secretários de Saúde dos municípios) façam uma revisão em seus planos de contingência, construídos ao longo do ano passado". De acordo com Côrtes, até o final do mês será lançado o Programa Rio contra Dengue 2014.

O secretário municipal de Saúde de Belford Roxo, Oscarino Barreto, ressaltou a importância da união de todos em torno do problema. " Para isso vamos organizar o 1º Forum da Dengue dos Municípios da Baixada Fluminense, no dia 23 de maio. A ideia é trocar experiências que deram certo no combate à doença" .

Oscar Berro, secretário de Saúde de São João de Meriti, elogiou o funcionamento dos centros de Hidratação, que considera um modelo a ser seguido, mas ressaltou que o município ainda não tem um hospital. "Nós precisamos construí-lo. Temos meio milhão de habitantes, é uma necessidade".

De acordo com a Secretaria de Saúde fluminense, até o final de março foram montados 62 centros de Hidratação em 43 municípios. Do início do ano até o dia 23 de março, houve notificação de 69.343 casos suspeitos da doença. Até o momento, 43% dos municípios estão em situação de epidemia, como as cidades de Magé, Niterói, Rio Bonito, Maricá, Itaborai, Tanguá e Silva Jardim.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dengue    secretários de saúde do Rio de Janeiro    combate à dengue    Sérgio Côrtes   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.