Ciência e Tecnologia
publicado em 02/04/2013 às 18h40:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Jeff McMillan/Sandia National Laboratories
Foto: Jeff McMillan/Sandia National Laboratories
Tecnologia utiliza forças centrífugas para manipular amostras e reagentes através de canais microfluídicos implantados em discos Matt Piccini, Chung-Yan Koh (ao centro) e Anup Singh
  « Anterior
Próxima »  
Tecnologia utiliza forças centrífugas para manipular amostras e reagentes através de canais microfluídicos implantados em discos
Matt Piccini, Chung-Yan Koh (ao centro) e Anup Singh

Pesquisadores da Sandia National Laboratories, nos EUA, desenvolveram um instrumento médico capaz de detectar rapidamente agentes causadores de doenças infecciosas, como a toxina botulínica.

Segundo a equipe, o dispositivo pode ser útil em salas de emergência em caso de incidentes de bioterrorismo com agentes como antraz, ricina e toxina SEB.

O laboratório recebeu uma doação do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, para continuar a evoluir o aparelho.

"Isso vai levar as coisas para o próximo nível. Além do conjunto mais amplo de toxinas e agentes bacterianos que o dispositivo poderá testar, o projeto inclui testes com amostras de animais. Este é um passo importante, uma vez que as toxinas podem comportar-se de modo diferente de animais e seres humanos do que em amostras de sangue de laboratório", afirma o pesquisador sênior Anup Singh.

Segundo Singh, quando você olha para os agentes bacterianos, não quer confiar apenas nas proteínas, porque não vai ter a sensibilidade de detecção necessária. "Então também estamos usando outros métodos que podem levar a melhores limites de detecção e confirmação adicional", afirma Singh.

"Queremos dupla utilização de dispositivos que combatem tanto problemas criados pelo homem quanto pela natureza. Não vamos apenas esperar que o próximo incidente com antraz aconteça para que nossos dispositivos sejam utilizados e testados, nós queremos que eles sejam úteis para outras coisas também, como doenças infecciosas", conclui o pesquisador.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Doenças infecciosas    bioterrorismo    toxina botulínica    antraz    Sandia National Laboratories    Anup Singh   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.