Geral
publicado em 01/04/2013 às 18h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Um novo teste de diagnóstico que utiliza uma técnica científica conhecida como análise metabolômica pode ser um método de rastreamento seguro e fácil para o câncer de pâncreas.

A pesquisa revela que a abordagem pode melhorar o prognóstico de pacientes com a doença por meio de uma detecção precoce.

Os pesquisadores examinaram a utilidade da análise metabolômica como um método de diagnóstico para câncer de pâncreas e, em seguida, validaram a nova abordagem, de acordo com resultados do estudo publicado na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention, jornal da Associação Americana para Pesquisa do Câncer.

"Embora a resseção cirúrgica possa ser um tratamento curativo para o câncer de pâncreas, mais de 80% dos pacientes com câncer pancreático tem um tumor localmente avançado ou metastático, que é inoperável no momento da detecção", afirma Masaru Yoshida da Kobe University Graduate School of Medicine, no Japão.

Exames convencionais usando sangue, imagens e endoscopia não são apropriados para o rastreio do câncer de pâncreas e para detecção precoce, de modo que um novo método de diagnóstico para câncer de pâncreas é urgentemente necessário.

Utilizando a espectrometria de massa, os pesquisadores mediram os níveis de metabólitos no sangue de pacientes com câncer de pâncreas, pacientes com pancreatite crônica e voluntários saudáveis.

Eles separaram 43 pacientes com câncer de pâncreas e 42 voluntários saudáveis para um conjunto de treinamento e 42 pacientes com câncer de pâncreas e 41 voluntários saudáveis para um conjunto de validação. Foram incluídos todos os 23 pacientes com pancreatite crônica no conjunto de validação.

A análise dos dados metabolômicos gerados a partir do conjunto de treinamento indicou que os níveis de 18 metabólitos foram significativamente diferentes no sangue de pacientes com câncer de pancreático em comparação com os voluntários saudáveis.

Outras investigações levaram os pesquisadores a desenvolver um método para prever o diagnóstico de câncer pancreático com avaliação dos níveis de apenas quatro metabolitos. No conjunto de treinamento, a abordagem demonstrou 86% de sensibilidade e 88,1% de especificidade. Quando testados novamente no conjunto de validação, que incluiu pacientes com pancreatite crônica, o método demonstrou 71,4% de sensibilidade e 78,1% de especificidade.

"Nossa abordagem de diagnóstico utilizando metabolômica apresentou maior precisão do que os marcadores tumorais convencionais, especialmente na detecção dos pacientes com câncer de pâncreas no grupo que incluiu os pacientes com pancreatite crônica. Esta nova abordagem diagnóstica, que é segura e fácil de aplicar como um método de triagem deve melhorar o prognóstico de pacientes com câncer de pâncreas, detectando a doença precocemente, quando ainda em estado operável e curável", conclui Yoshida.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de pâncreas    análise metabolômica    Masaru Yoshida    Kobe University Graduate School of Medicine   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.