Geral
publicado em 29/03/2013 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A prática regular de atividade física durante a infância pode ajudar a reduzir o risco de fratura na velhice. É o que revela estudo de pesquisadores do Skane University Hospital, na Suécia.

A pesquisa sugere que as intervenções de exercícios na infância podem estar associadas com menores riscos de fraturas na idade avançada, devido aos aumentos de pico de massa óssea que ocorrem em crianças em crescimento que realizam atividade física regular.

O líder da pesquisa Bjorn Rosengren seus colegas conduziram uma intervenção baseada no exercício por seis anos em crianças com idade entre 7 e 9 anos, em Malmo, na Suécia. No grupo de intervenção 362 meninas e 446 meninos receberam 40 minutos de educação física por dia na escola. O grupo controle de 780 meninas e 807 meninos receberam 60 minutos de educação física por semana.

Os pesquisadores registraram incidentes como fraturas em todos os participantes e mediram o desenvolvimento do esqueleto anualmente.

Durante o tempo do estudo, houve 72 fraturas no grupo de intervenção e 143 no grupo controle, resultando em riscos de fratura semelhantes. O aumento da densidade mineral óssea da coluna foi maior em ambos os meninos e meninas do grupo de intervenção.

Durante este mesmo período, os pesquisadores realizaram um estudo transversal retrospectivo de 709 ex-atletas do sexo masculino com idade média de 69 anos e 1.368 controles pareados com uma média de idade de 70 anos para determinar quantos haviam sofrido fraturas e as taxas de perda de densidade óssea.

Os resultados mostraram que dentro do grupo de ex-atletas, a densidade da massa óssea diminuiu minimamente 1,0 para 0,7 em comparação com o grupo controle. "O aumento da atividade nas idades mais jovens ajudou a induzir maior massa óssea e aumentar o tamanho do esqueleto em meninas, sem aumentar o risco de fratura. Nosso estudo destaca ainda outra razão para que as crianças comecem a praticar exercício diário regular para melhorar a sua saúde agora e no futuro", conclui Rosengren.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Atividade física    fratura    exercício físico na infância    Skane University Hospital    Bjorn Rosengren   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.